ELEIÇÕES DE OUTUBRO: Limeirenses aptos ao voto são 230,2 mil

ELEIÇÕES DE OUTUBRO: Limeirenses aptos ao voto são 230,2 mil

TSE concluiu a totalização dos eleitores que podem votar em outubro; crescimento foi de 5,34% sobre 2018

Antonio Claudio Bontorim
LIMEIRA
claudio.bontorim@tribunadelimeira.com.br

Passados quase três meses do encerramento do alistamento e revisão do título eleitoral, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) divulgou, finalmente o número de eleitores aptos a votar no dia 2 de outubro, em primeiro turno. No Brasil, conforme a Tribuna de Limeira publicou na última edição, hoje já são 156,4 milhões de eleitores aptos ao voto, num crescimento de 6,21% em relação a 2018, quando também houve as eleições gerais daquele ano. Em Limeira o crescimento foi menor, de 5,34% sobre 2018. Naquele ano eram 216.538 eleitores, contra os 230.262 deste ano.
Segundo as planilhas disponibilizadas pelo TSE e pelo TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo), dos 230.262 eleitores do município, 190.486 têm biometria e 39.776 ainda estão em pendência com o cadastro biométrico o que, entretanto, não os proíbe de votar, justamente devido a pandemia. Desses, 116.922 estão na 66ª Zona Eleitoral e outros 113.340, na 339ª. Em 2018, dos 226.627 eleitores, 193.888 possuíam biometria e outros 32.739 não haviam completado o cadastro.

MAIS MULHERES
As informações do cadastro eleitoral, finalizado no último dia 11 de julho, mostram que a maior parte do eleitorado é formada por mulheres, de acordo com notícia divulgada pela Agência Brasil: 82,3 milhões de eleitoras, número equivalente a 52,65% do total. Os homens são 74 milhões e correspondem a 47,33%. O maior colégio eleitoral do país continua sendo São Paulo, com 22,16% do total de eleitores, vindo Minas Gerais, com 10,41% do eleitorado e, Rio de Janeiro, 8,2%. Em Limeira as mulheres eleitoras também são em maior número, com 120.749 pessoas, o que dá 52,44% do eleitorado, contra 47,51% dos homens, com 109.388 eleitores. Ou seja, 0,21% abaixo do índice nacional.
Já o crescimento dos eleitores menores de 18 anos, aqueles que têm voto facultativo, também foi elevado, entre 2018 e este ano. Em 2018 eram 466 mulheres e 515 homens nessas faixas etárias, totalizando 981 eleitores e, neste ano, 1.047 mulheres e 730 homens, totalizando 1.777, num crescimento de 81,14%, em quatro anos. Em Todo o país, essa faixa etária passou de 1,4 milhão em 2018, para 2,1 milhões agora em 2022. Nesse caso, o crescimento foi de 50%.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*