Coluna do Ogro

Coluna do Ogro

PONTO-MORTO – Junto com a Câmara, a CPI do IPTU entrará em recesso nas próximas duas semanas (volta em 5 de agosto), mas antes recebeu o secretário da Fazenda, José Aparecido Vidotti, convocado após aprovação do plenário. Por horas, repetiu toda a forma como a prefeitura descobriu as fraudes e detalhou questões técnicas internas de tramitação dos processos afins. Ainda nada que cause alarde e impacto nos trabalhos legislativos.

PERFUMARIA – A Comissão de Constituição, Justiça e Redação convocou audiência pública para debater um projeto de Anderson Pereira sobre a proibição da chamada “linguagem neutra” nas escolas municipais. Nem precisaria: o projeto receberá parecer contrário, tal qual o fatídico Escola Sem Partido.

 

MAIS UM – O tucano, campeão de projetos inconstitucionais, está apenas jogando para a galera dele, como sempre. Basta ver a quantidade de projetos apresentados (tirando aquela maioria de nomes de ruas e homenagens) e ver que, em seu segundo mandato, o advogado ainda não aprendeu a fazer um projeto legal. E o choro é realmente livre nesse sentido.

 

INTERNAÇÃO – A Prefeitura fará um pregão no início de agosto para eventual contratação de 50 leitos mensais em clínica terapêutica localizada em Limeira ou num raio de até 150 km, para atendimento de pacientes com dependência química. A princípio, o edital trazia que a internação seria voluntária, involuntária ou compulsória, para adolescentes atendidos pelos Centros de Atenção Psicossocial e Ambulatório de Saúde Mental.

 

NA MARRA, NÃO – Porém, para tristeza de Betinho Neves e Nilton Santos, o edital publicado em maio sofreu uma alteração esta semana, retirando os termos “involuntária ou compulsória”. Ou seja: serão destinados apenas àqueles que não se encaixam na lei que ambos apresentaram sobre a internação forçada de pessoas com dependência química. Pastor terá assunto de sobra para usar na tribuna do plenário na volta do recesso, pelo visto.

 

DRENAGEM  – Há quem veja isso como mais uma intenção de drenar a crescente oposição que o Republicanos, de Nilton e Ceará, está proporcionando na Câmara nos últimos meses, além do embate eleitoral que o partido deles (e de Dra. Mayra Costa) irá promover ao PSD do prefeito Mario Botion e sua primeira-dama-virtual-candidata nos próximos meses.

 

CALMA LÁ – Por falar em Ceará, o vereador entrou em um bate-boca com algumas pessoas ao final da reunião extraordinária da Comissão de Obras na noite de quinta-feira, convocada para debater a regularização de chácaras de recreio. Quem viu, achou que fosse sair até troca de tapas (pois de xingamentos houve).

 

MEIA NOVE – Já estou neste espaço o triplo de tempo que fiquei na minha última incursão no colunismo da imprensa impressa limeirense. Mas ainda não dá para relaxar o esfíncter, especialmente por conta da falta de pauta que a Câmara irá me impor nas próximas semanas. Vou ter de olhar para outros ares até lá, sinto muito (mentira, nem sinto tanto).

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*