Fora de Expediente

Fora de Expediente

Antonio Claudio Bontorim
Redação
LIMEIRA
redacao@tribunadelimeira.com.br

“Nossa candidata”
O vereador Waguinho da Santa Luzia (Cidadania) está em campanha ativa pela pré-candidata a deputada, Mayra Costa, a Dra. Mayra (Republicanos). Apesar de ela ter deixado o partido do qual fazia parte, o mesmo de Waguinho, nada mudou.

Da água ao vinho
A Dra. Mayra, que é católica, como Waguinho, agora faz parte do Republicanos, controlado pela Igreja Universal, de Edir Macedo. E, em Limeira, tem o pastor-vereador Nilton Santos, como seu líder.

Pedalando juntos
No último final de semana, em evento ciclístico da Paróquia de Santa Luzia, ele postou em suas redes sociais a participação da Dra. Mayra, durante o evento. A pré-candidata também tem ligação com a referida paróquia.

Na próxima vez…
Só falta, agora, Waguinho mudar de partido, se filiando ao Republicanos. Se bem que isso não é mais permitido legalmente, pois a janela de transferência partidária já foi encerrada. Agora, só quando abrir novamente.

A moda contagia
É cada vez maior o número de vereadores cultivando suas barbas na Câmara. Betinho Neves (PV), já tinha. Assim como o presidente da Casa, Lemão da Jeová Rafá (PSC) que nessa Legislatura está com a sua bastante vasta.

Aderiram também
Depois veio Ceará (Republicanos) e, agora José Roberto Bernardo (PSD). Quem será o próximo?

É Ctrl C e Ctrl V
Quem copiou quem não se sabe, embora haja alguma diferença, mas não é só aqui, não. Em Piracicaba o vereador Wagner Ribeiro (Cidadania) está com projeto tramitando na Câmara de lá, para homenagear os CACs (Caçadores, Atiradores e Colecionadores). Limeira já aprovou o Dia do Atirador Desportivo, de Ju Negão (PV).

Tiro na dignidade
Num momento em que se confirma que o indigenista brasileiro Bruno Pereira e o jornalista britânico Dom Phillips foram assassinados por tiros de uma arma de caça, são ações que denotam o escárnio contra a vida humana, em favor de grupos que não necessitam desse tipo de apoio.

Dando um tempo?
O deputado estadual limeirense, Murilo Félix (Podemos), está meio que ausente da mídia ultimamente. Após decisão do TJ-SP e da investigação que corre na Assembleia Legislativa do Estado de SP, diminuiu radicalmente os releases enviados os órgãos de imprensa.

Acertou na mosca
Seria só impressão de analistas ou há uma preocupação real em torno do desfecho dessas ações, que acertou em cheio a família Félix?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*