Fora de Expediente

Fora de Expediente

Antonio Claudio Bontorim
Redação
LIMEIRA
redacao@tribunadelimeira.com.br

Pagando a conta
A Câmara aprovou, embora desnecessariamente, o teletrabalho para os servidores da Casa. Projeto de José Carlos Monteiro Junior, Ju Negão (PV), quer economizar para o Legislativo. Pode até economizar, mas quem vai pagar a conta do servidor?

Raciocínio lógico
O servidor vai ter gasto com energia elétrica, água, equipamentos, entre outras despesas. Ele vai ser ressarcido por isso? Fica a dica para pensar e refletir. A quem interessa?

Sigla! Ora a sigla
Por falar em vereador, como fica a situação política de Albert Henrique Neves, Betinho Neves (PV)? Seu partido fechou em apoio a Lula e o parlamentar é apoiador do bolsonarista Mario Botion (PSD)…

E a seriedade, óh
Meu Deus! Tem vereador que discute até Moção de Pesar e velório. Enquanto os problemas do município…. Os problemas, ora os problemas!

Vale tudo? Nada!
Um vereador, prefeito, governador, deputado, senador e presidente da República devem, sempre, exercer seus mandatos em favor da população. Não apenas de seu grupo de eleitores.

Precisam aprender
Enquanto houver essa distinção, sobre representar grupos específicos, esses políticos não merecem o mínimo de respeito. Sejam de onde for.

Na mira do voto
Falta de educação combina com um representante do povo, que exerce mandato eletivo?

Vamos perguntar
Para encerrar a discussão, a voz corrente nos balcões da política, que hoje Limeira tem a Câmara Municipal da Prefeitura.

Escalada musical
Qual música combina mais com Limeira hoje: Chão de Estrelas, Luar do Sertão, Azimuth-Linha do Horizonte ou Sonífera Ilha?

Volta ao passado
Será que a prefeitura está pensando em retomar o piso de paralelepípedos em algumas ruas do quadrilátero central. Na Carlos Gomes, entre as ruas Dr. Trajano e Barão de Campinas, já começam a aparecer.

Preservar é tudo
Preservar a memória é importantíssimo. E o retorno aos paralelepípedos seria uma ótima sacada. Voltaria o ar histórico da área central da cidade. Por que não pensar nisso?

Vácuo do PSDB
O tucanato ainda não percebeu que está no limo. E também no limbo. Sobrevive de forma rasteira, mas está se desfazendo em suspensão, à espera de um milagre. Muitas cabeças pensantes do partido foram cortadas e as que restaram não servem para nada.

O partido do João
De primeira força no Estado de SP e outros estados ao Sul e Sudeste, e segunda no país, está à deriva sem comando e só esperando a implosão completa. Doria, o agora João, conseguiu desmontar a estrutura tucana.

Culinária política
Agora está colocado oficialmente. O brasileiro terá oportunidade de saborear um novo prato. Lula com Chuchu. Já tem até receita de risoto com os dois ingredientes.

E venha outubro
Então, bom apetite a todos!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*