Nos braços de Morfeu

Nos braços de Morfeu

Entre duas segundas-feiras, 22 e 29, portanto em apenas uma semana, os vereadores levaram aos limeirenses a desfaçatez. A obediência e o domínio conservador religioso para mostrar a que vieram e a quem devem satisfações. O domínio conservador religioso esteve na aprovação de um PL (Projeto de Lei) no mínimo criminoso, dos vereadores Betinho Neves (PV) e pastor Nilton Santos (Republicanos), que dá poderes ao município internar, involuntariamente, moradores de ruas dependentes químicos. Ou seja, passar nas ruas e praças, catar – essa é a palavra exata – o morador de rua e limpar a cidade.
Talvez por falta de conhecimento, os dois vereadores não conhecem uma lei federal que já garante essa internação involuntária, mas com o consentimento e assinatura de um termo de responsabilidade de um familiar do dependente. Se não conhecem precisam estudar mais. Se conhecem, desdenharam da inteligência das pessoas. Que carreguem o fardo agora. Se é que se preocupam com algum fardo, pois pelo visto são fardos de penas. Foram 19 votos favoráveis, todos já nominados nesta Tribuna de Limeira, na coluna Fora de Expediente.
A obediência se viu na aprovação, na última segunda-feira, 29, de outro PL, desta vez o de Nº 296/2021, que autorizou a Prefeitura de Limeira a transferir dos cofres públicos, mais precisamente da Educação, R$ 5,5 milhões como subsídio ao transporte público. Outro escárnio com a opinião pública e com os contribuintes. Os nomes dos vereadores que votaram sim estão nesta edição da Tribuna, também na coluna Fora de Expediente, abaixo. Alegar que houve superávit e repassar dinheiro de uma área para a outra. A Educação, em Limeira, deve ser de excelência, pois abrir mão de uma quantia dessa monta é por que tudo corre às mil maravilhas. Da ilha da fantasia ao município dos sonhos. Morfeu vive entre nós!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*