SUBSTITUIÇÃO?: Novos radares estão sendo instalados

SUBSTITUIÇÃO?: Novos radares estão sendo instalados

Antonio Claudio Bontorim
LIMEIRA
claudio.bontorim@tribunadelimeira.com.br

Quem trafega pela Avenida Lauro Correa da Silva ou Major José Levy Sobrinho deve ter percebido que os radares estão sendo trocados. Assim como em trechos do anel viário, como os existentes entre as rotatórias da Limeira-Cordeirópolis até a da Avenida Laranjeiras, que dá acesso ao Jardim Planalto. São equipamentos novos, diferentes dos atuais e muitos deles estão praticamente ao lado dos já existentes, conforme o flagrante feito pela reportagem da Tribuna de Limeira. De acordo com o extrato publicado no JOM (Jornal Oficial do Município) do dia 23 de julho último, até 90 radares podem ser instalados em Limeira.
A troca de radares foi um dos questionamentos feitos pela Tribuna à Secretaria de Mobilidade Urbana de Limeira, por intermédio da Secretaria de Comunicação Social, porém não respondido pela pasta até o fechamento desta edição. Foram cerca de dez perguntas, após a reportagem constatar, em avenidas e no anel viário, a duplicidade de equipamentos ou os novos. A Tribuna questionou, também, quantos radares fixos existem ao longo da malha viária de Limeira, porém sem retorno. Assim como se todos seriam substituídos ou não.
Outro questionamento foi sobre a data em que começaram a ser substituídos e uma pergunta técnica sobre a diferença entre os novos e os que já estavam em operação, porém nenhuma resposta foi enviada. Vale lembrar que todas as questões foram enviadas na segunda-feira, 8, ainda no período da manhã. A Tribuna também quis saber se a substituição faria parte da nova licitação dos serviços de radares em Limeira. E, principalmente, por que é de interesse dos motoristas se eles já estavam auferidos, calibrados e inspecionados pelo Inmetro (Instituto de Metrologia Qualidade e Tecnologia), também sem a devida resposta.
A Tribuna também buscou saber se havia previsão para novos radares em Limeira, em pontos adicionais aos já existentes. Também ficou sem retorno da Secretaria de Mobilidade Urbana. E as duas últimas questões, se haveria mudança na velocidade, hoje regulamentada nas vias e sobre a arrecadação e em qual equipamento mais multas são registradas, também não foram respondidas.


Velsis Sentran mantem serviço

Com contrato de dois anos de operação no município de Limeira a um valor de R$ 12,7 milhões, a homologação da contratação da empresa para operação dos radares foi publicada na edição do JOM (Jornal Oficial do Município) no último dia 23 de julho. E a Velsis Sistemas e Tecnologia Viária e Sentran (Serviço Especializado em Trânsito), que já operavam no município, manteve o contrato, para fiscalização de ruas e avenidas, inclusive fornecendo os equipamentos. Pelo edital está previsto até 90 radares, como fixos, semafóricos, móveis e lombadas eletrônicas. (Antonio Claudio Bontorim)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*