DADOS SOBRE A COVID-19: Sem informações, jornal para divulgação

DADOS SOBRE A COVID-19: Sem informações, jornal para divulgação

Redação
LIMEIRA
redação@tribunadelimeira.com.br

A Secretaria de Saúde de Limeira anunciou, na sexta-feira, 24, uma mudança na metodologia para divulgar os dados da Covid-19 no município. A divulgação deixa de ser diária, com as tabelas completas e passa a ser resumida e publicada toda segunda-feira de cada semana, “a não ser que algum fato relevante aconteça”. Sem dar maiores detalhes, mas utilizando-se de argumentos como “diminuição de novos casos e mortes e internações”, conforme informou a Secretaria de Comunicação Social, os limeirenses não terão mais como acompanhar as informações diárias, publicadas ao longo desses 18 meses pela Tribuna de Limeira, que desta forma encerra a produção dos gráficos numéricos sobre o coronavírus.
Segundo a nota da Saúde, distribuída pela Comunicação Social, o espaçamento maior da atualização é possível, porém ao final da semana, quando circula a Tribuna, as informações estarão desatualizadas. Ao longo desse período, desde o início da pandemia, a Saúde fez várias alterações na metodologia de divulgação de dados, porém nenhuma tão drástica a ponto de mudar o comportamento da imprensa, como essa agora. Ao divulgar os dados apenas compilados a cada segunda-feira, o Município de Limeira priva a população de informações atualizadas sobre a pandemia, perdendo assim um canal de comunicação através da mídia.
Ao longo desses últimos 18 meses, a Tribuna trouxe o fluxo diário de informações, apresentadas em forma de gráficos, entre o sábado anterior e a sexta-feira seguinte,  publicadas em sua edição do sábado/domingo. Enquanto houver um único novo infectado, uma nova morte ou internação, é importante levar essa informação à população, de maneira clara para que ela acompanhe o histórico da evolução da doença. A Tribuna entende que nada justifica essa mudança e nem mesmo os argumentos do quase controle da pandemia, por que ela está aí, ainda fazendo vítimas e apesar da vacinação ainda não foi debelada e nem o será tão facilmente.

ÚLTIMOS DADOS
A Tribuna encerra, dessa forma, sua participação na divulgação sobre a pandemia, pedindo desculpas aos leitores, assinantes e anunciantes, por não poder mais divulgar os dados diários. Nesse sentido, pela atualização feita na segunda-feira, 27, dentro da nova metodologia, A URC (Unidade de Referência Coronavírus), que deixou de atender como “referência” na pandemia, na quinta-feira, 30, fechou com dez internados na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), seis em leitos clínicos e um em suporte ventilatório. Mais duas mortes, confirmadas no final de semana elevou o número de óbitos a 1.178, restando, naquela data, quatro óbitos suspeitos. Ao todo foram 48.635 casos confirmados, dos quais 1.211 profissionais da saúde infectados, com 47.438 recuperados e 19 em recuperação. Pelo balanço da Secretaria da Saúde eram 395.363 doses aplicadas, 242.502 da primeira, 144.149 da segunda, 8.167 doses únicas e 545 doses adicionais. Os outros números ficaram assim definidos na segunda-feira, 17: descartados, 95.264; casos suspeitos investigados, 3.044 e o total de notificações, 146.943.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*