Fora de Expediente

Fora de Expediente

Antonio Claudio Bontorim
Redação
LIMEIRA
redacao@tribunadelimeira.com.br

Decreto público
Bares devem fechar mais cedo. Ótimo. Sem expediente aos sábados e domingos. Ótimo, ótimo, pois são quando acontecem as maiores aglomerações. Está no decreto de restrições do prefeito Mario Botion (PSD), já publicado no JOM (Jornal Oficial do Município).

Mais restrições
No anúncio, o “endurecimento das regras previstas no Plano SP de combate à Covid-19”. Multas maiores, interdições e até cassação de alvarás estão previstos.

Sol… e peneira
O decreto fala, também, em proibição de cadeiras em locais abertos – calçadas, no entorno de trailers e food trucks, bares, restaurantes e congêneres, mas pode em área fechada? No interior desses bares? Enfim, antes tarde que nunca. O sol continua a brilhar.

É muito difícil
Do jeito que a coisa anda, sem um verdadeiro lockdown nada vai se resolver. Enquanto isso, vamos flertando com a terceira onda. Que pode ser a mais letal de todas, antes da quarta onda, se tudo continuar como está. E os maus exemplos continuarem.

Vamos tocando
E as outras atividades que também causam aglomerações? Como vão ficar? Respostas talvez num próximo decreto. Ou na próxima onda!

CPI em debate
Por falar em Covid-19, a CPI da Pandemia – ou da Covid – como queiram os leitores, foi citado na sessão da terça-feira, 8, o Congresso Internacional sobre Covid. Do IBPM (Instituto Brasileiro de Perícia Médica), nos questionamentos ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Mesmo evento
A questão veio à tona, porque o ministro foi inquirido sobre o seu nome no folder do Congresso. O mesmo que teve participação do secretário da Saúde de Limeira, Vitor Santos, como palestrante. Queiroga, entretanto, não participou.

‘Shadow gabinet’
A lembrança dos integrantes da CPI foi no sentido de mostrar a participação do virologista Paulo Zanoto, que cunhou o nome ‘gabinete das sombras’, como força paralela, que orienta o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nas questões sobre a pandemia.

Estava ausente…
O Poder Executivo fez mais uma coletiva online sobre a Covid-19. Na terça-feira, 8, quando o prefeito justificou o decreto de endurecimento das regras no combate à pandemia. Desta vez o secretário da Saúde, Vitor Santos, não participou.

Interesse geral
Central de medicamentos. Covid. Ventilação mecânica… há tempos que vereadores não atuavam tanto assim na área da saúde. Cada um fazendo uma indicação, requerimento ou moção, por novas propostas no sentido de controlar a Covid-19.

Vamos lembrar
Que tal, então, um único requerimento: o de pressionar o próprio prefeito a adotar medidas mais restritivas em Limeira?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*