EVERTON FERREIRA: ‘Política é um canal de transformação’

EVERTON FERREIRA: ‘Política é um canal de transformação’

Antonio Claudio Bontorim
LIMEIRA
claudio.bontorim@tribunadelimeira.com.br

A Tribuna de Limeira deu início, com sua edição 279, a uma série de entrevistas com os vereadores eleitos em primeiro mandato. Ou seja, os novatos que chegaram à Câmara de Limeira com a eleição de 2020. A primeira entrevistada foi a vereadora Isabelly Carvalho (PT), primeira parlamentar trans de Limeira. Nesta segunda entrevista, a Tribuna conversou com o vereador Everton Oliveira Ferreira, o Everton Ferreira (PSD), que também é o 1º secretário da Mesa Diretora do Legislativo municipal. Foi a segunda vez que Everton disputou uma eleição e, já conseguiu se eleger, de acordo com ele, devido ao fato de ter mais experiência com o povo, ser mais conhecido em especial no condomínio Itamaracá e na região do Bairro São Lourenço.
Segundo o vereador, que é da bancada situacionista e do mesmo partido do prefeito Mario Botion, ele diz que não se intimida por isso e garantiu que votaria, sim, contra um projeto do Poder Executivo caso não estiver em acordo com seus pensamentos. Ao ser questionado pela Tribuna sobre o porquê de ter participado de uma segunda eleição, Everton Ferreira foi taxativo: “acredito que o ambiente político é o canal de transformação de uma sociedade ou da sua desgraça, por esse motivo tentei pela segunda vez. É importante buscar os aplausos daqueles que ainda não nasceram”. Everton, que é negro, também falou sobre o assunto, dizendo que seus projetos são voltados para todos os cidadãos limeirenses, sem distinção. “Não sofri preconceito em relação a minha cor, não que eu tenha percebido”, lembrou.
A seguir, a entrevista completa que Everton Ferreira concedeu à Tribuna durante a semana.

Tribuna de Limeira: Vereador, apesar de não ser a primeira vez que disputa uma eleição, você conseguiu chegar à Câmara na segunda disputa. Qual foi a diferença entre a primeira vez que você participou de um pleito eleitoral e esta, no qual foi eleito?
Everton Ferreira:
A Diferença foi devido ao fato de ter mais experiência com povo, ser mais conhecido em especial no condomínio Itamaracá e na região do Bairro São Lourenço, e também ter mais contato com população nas redes sociais nesse período.

Tribuna: Qual é o propósito principal de você ter disputado uma eleição pela segunda vez?
Everton
: Acredito que o ambiente político é o canal de transformação de uma sociedade ou da sua desgraça, por esse motivo tentei pela segunda vez, para buscar distribuir valores futuros. É importante buscar os aplausos daqueles que ainda não nasceram.

Tribuna: Como vereador, você está no mesmo partido do prefeito e integra a base de apoio do Executivo. Há vantagens em fazer parte do grupo governista ou você atua de forma independente ao partido e à administração Municipal?
Everton
: Embora eu seja do mesmo partido do Prefeito eu disponho de opinião própria e não abro mão do meu jeito. E não há vantagem de fazer parte do mesmo grupo governista, não me vejo dessa forma, me vejo como vereador do Município de Limeira.

Tribuna: Como você classifica o seu trânsito entre seus pares na Câmara? Você tem alguma dificuldade ou problema em algum tipo de diálogo, principalmente com os vereadores da oposição?
Everton:
Não vejo nenhum problema ou dificuldade com nenhum vereador da Câmara Municipal de Limeira.

Tribuna: Se for preciso votar contra um projeto do prefeito, por discordar do seu teor e finalidade, você o faria com tranquilidade?
Everton
: Sim.

Tribuna: Qual é, nesses primeiros meses de mandato, a maior dificuldade que você encontrou para atuar no Legislativo?
Everton
: A minha maior dificuldade é estudar as leis existentes para propor alterações e revogações, antes de apresentar novas leis.

Tribuna: Praticamente vocês realizaram, nessa Legislatura, poucas sessões presenciais em plenário. Você acha que faz falta esse tipo de interação entre os vereadores? A atuação ao vivo é melhor que por videoconferência?
Everton
: Sim, sinto falta da interação presencial e prefiro assim.

Tribuna: Qual é, hoje, sua principal – ou principais – linha de atuação enquanto vereador? Quais as áreas que você tem mais afinidades?
Everton
: Minha principal atuação é na área da saúde, pois trabalhei quatro anos no SUS e atualmente estudo no hospital Israelita Albert Einstein.

Tribuna: Enquanto cidadão negro, você tem alguma pauta voltada à comunidade negra em Limeira? Já encontrou algum preconceito em relação à sua cor?
Everton: Meus projetos são voltados para todos os cidadãos Limeirenses, sem distinção. Não sofri preconceito em relação a minha cor, não que eu tenha percebido.

Tribuna: Com mandato de vereador você acredita que pode contribuir para o desenvolvimento social, econômico e político do município? Qual é o limite dessa atuação?
Everton
: Acredito na distribuição de valores no tempo como forma de contribuir para o desenvolvimento citado. O PIB [Produto Interno Bruto] per capita de Limeira é de R$ 43.440,26 de acordo com IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) Cidades. Porem a renda familiar ainda deixa a desejar, por esse motivo acredito que a forma de dispor de uma melhor distribuição de renda é através do fomento ao empreendedorismo, tendo como alicerce uma boa educação em especial a educação básica e uma forte estrutura de saúde pública, entre outros fatores.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*