DEFENSORIA PÚBLICA: Órgão prepara retorno presencial

DEFENSORIA PÚBLICA: Órgão prepara retorno presencial

Antonio Claudio Bontorim
LIMEIRA
claudio.bontorim@tribunadelimeira.com.br

Sem atendimento presencial desde março, com os primeiros sinais e casos da pandemia do novo coronavírus, que causa a Covid-19, a Defensoria Pública do Estado de São Paulo vem atendendo os casos de forma remota. No final de março o órgão implementou o DEFI – Assistente Virtual de Atendimento, que foi lançado na última segunda-feira, 24. Trata-se, de acordo com a coordenadoria de comunicação da Defensoria, de seu novo sistema de atendimento à população, que possibilita o agendamento de demandas no site da instituição www.defensoria.sp.def.br. “A nova ferramenta busca agilizar e garantir um atendimento cada vez mais célere e dinâmico à população, diminuindo também a necessidade de deslocamentos físicos a prédios da Defensoria”, informou a coordenadoria.
Segundo o órgão, o assistente virtual DEFI é um sistema de conversa online, tipo chat, com respostas automatizadas de um robô que funciona por inteligência artificial, criado para receber informações básicas dos seus usuários, como nome, CPF e renda familiar, compreender a demanda e encaminhar à unidade competente para atendimento. “O sistema pode ser acessado por computador ou smartphone conectado à internet”, informou. A Tribuna de Limeira procurou a Defensoria Pública de SP, para saber se a unidade da entidade no município também atenderia pelo sistema, além de outras informações.  Questionada sobre a retomada do atendimento presencial, a coordenadoria de comunicação explicou que “está hoje em uma fase de preparação de suas unidades para que seja possível um retorno seguro aos atendimentos presenciais, por enquanto sem data definida para ocorrer.
O órgão lembrou, também, que o sistema de agendamento por meio de assistente virtual no site foi estruturado como uma ferramenta perene de atendimento, que continuará a ser utilizado, quando do retorno dos atendimentos presenciais. “É importante que a população busque esse novo canal da Defensoria, que permitirá a realização de atendimentos em maior volume e de forma mais ágil e segura”, explicou. O órgão afirmou, ainda, que durante a pandemia, se estruturou para, em um curto espaço de tempo, criar um sistema de atendimento remoto a demandas urgentes, que até então inexistia na instituição, hoje o assistente virtual, num momento em que, conforme a nota, a instituição também retomou os atendimentos a casos não urgentes.

OS NÚMEROS
A Defensoria Pública de SP comentou, também, que no sistema anterior, recebia as demandas da população por meio do telefone 0800 773 4340, WhatsApp e diretamente pelo site. “Todas as demandas eram direcionadas a um formulário online e depois encaminhadas às unidades competentes”, complementou. A Tribuna Solicitou, também, os números de pedidos online, e “até o último dia 16 de agosto foram recebidas 185.338 ligações pelo 0800 e 335.328 demandas via WhatsApp. No total, a Defensoria recebeu desde o início da pandemia 96.552 demandas para atendimento”, enfatizou.
Entre as ações e atendimentos mais comuns na Defensoria Pública, estão os casos de família, como pensão alimentícia, divórcio, fixação de guarda etc. “Também são frequentes casos como pedidos de medicamentos e cirurgias, indenização, despejo, entre outros e é frequente, ainda, o pedido de acompanhamento e informações sobre o andamento de processos criminais”, finalizou.

Assistente virtual com hora marcada

Através do DEFI  – Assistente Virtual de Atendimento, os usuários poderão optar por um dentre os horários e datas disponíveis na agenda da unidade e marcar seu atendimento. “Feito o agendamento, a pessoa receberá uma senha para acesso a um chat com a equipe de atendentes da Defensoria na data e no horário marcados, por meio do qual é possível também enviar e receber documentos, evitando deslocamentos físicos apenas para entrega de papéis”, informou. O agendamento por meio do DEFI vale para todas as unidades da Defensoria no Estado de São Paulo, inclusive a de Limeira. Caso a pessoa interessada no atendimento resida em alguma cidade onde não há unidade da Defensoria instalada, a demanda será encaminhada para as entidades conveniadas cabíveis.
O DEFI integra o projeto Defensoria Digital, ao lado de uma série de ferramentas virtuais de atendimento e trabalho que vêm sendo implementadas pela Defensoria Pública paulista nos últimos anos. “Impulsionado pela situação de pandemia, o novo atendimento virtual inaugurou uma nova fase na atuação da instituição, projetado para remodelar de maneira perene a recepção de demandas da população”, anunciou, para completar: “Por ora, em razão da pandemia de Covid-19, as unidades da Defensoria não estão abertas ao público para atendimento presencial. Quando isso ocorrer, os atendimentos presenciais passarão a ser, em regra, mediante agendamento pelo sistema virtual”. (Antonio Claudio Bontorim)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*