Fora de Expediente

Fora de Expediente

Antonio Claudio Bontorim
Redação
LIMEIRA
Redacao@tribunadelimeira.com.br

E está completo
A matéria que a Tribuna de Limeira trouxe, na edição da semana passada, a 239, sobre a representatividade dos partidos na política local, houve um esquecimento. O DEM também tem representante no Poder Executivo. Trata-se do vice-prefeito, o médico Júlio César Pereira dos Santos, o Dr. Júlio.

Erro estratégico
O fato é que Limeira, mais uma vez – e quase sempre – nos últimos anos, tenta esconder o vice-prefeito. Se já era assim, quando não havia reeleição, com essa possibilidade, o cargo é quase um sujeito oculto.

Tem disputa aí
O DEM, de acordo com o próprio Dr. Júlio, que é também seu presidente, conforme a Tribuna mostrou em matéria recente, deve ter como candidato a prefeito em Limeira (hoje é pré-candidato) o ex-prefeito Pedrinho Kühl.

Per-di-di-nhos
Enquanto isso, a pandemia do novo coronavírus continua fazendo vítimas, fatais e clínicas, e todos estão batendo cabeças. Os mais sensatos, que são as autoridades sanitárias, continuam recomendando, recomendando e recomendando. Quem está obedecendo?

Será que é eficaz?
E Limeira vai para o lockdown. Por dois finais de semana. Nestes sábado, 25, e domingo, 26, e nos próximos, sábado, 1º, e domingo, 2 de agosto. E com agosto chega o mês do canino perturbado. Então…

Ou vai ou racha
Por que não empurrar esse lockdown por bons 15 dias. Conforme fizeram a algumas capitais do Nordeste? Que hoje estão em fase de queda de casos. Se entrou na chuva, vai se molhar. Mas o molhado seca.

A lei quase seca
E desde a quarta-feira, 22, o comércio de bebidas alcoólicas está proibido após as 18h. Beber, portanto, até às 17h59. Tem jeitão da Lei Seca eleitoral, alguém se lembra? Alguns dias antes e o outros depois, ninguém comprava ou vendia bebida alcoólica. Cada um estocava a sua em casa. E saúde!

Alguém conhece…
Ou sabe o que é “dinheiro em penca”? Não, não é plantação de dinheiro não. Trata-se de uma espécie de gramínea rasteira, bastante cobiçada para áreas públicas. Reza a lenda, que Limeira já vendeu muito “dinheiro em penca”. Principalmente a Campinas.

Com nota fiscal…
… e tudo. Inclusive com nota fiscal. E grandes quantias, tanto de plantas, quanto de dinheiro. Está lá, na NF, na descrição do produto: dinheiro em penca.

O Google explica
Se alguém quiser pesquisar, vai aparecer nas buscas: Callisia repens, também conhecida como planta rasteira, judeu boliviano ou vinha de tartaruga, é uma planta suculenta e rasteira da família Commelinaceae. Esta espécie é originária da América Central e do Sul.

Semelhança pura
E as coincidências da comercialização de “dinheiro em penca” para Campinas não param por aí. Mas essa é outra história. Quem acompanhou diretamente as vendas sabe muito bem o que é!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*