EM ANO ELEITORAL: Filiação partidária cai pelo 2º ano

EM ANO ELEITORAL: Filiação partidária cai pelo 2º ano

Antonio Claudio Bontorim
LIMEIRA
claudio.bontorim@tribunadelimeira.com.br

O número de eleitores filiados a partidos, em Limeira, continua caindo. Desde 2018, quando a Tribuna de Limeira fez a primeira matéria com base em dados oficiais do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o número de pessoas com ligação oficial a siglas partidárias, apresentou uma queda de 2,32% em relação ao ano passado e 4,64% em relação a 2018, também ano eleitoral como este. Em 2018 eram 21.182 eleitores filiados; em 2019, 20.679 e, neste ano, 20.199. Até o último mês de junho, Limeira contava com 226.627 eleitores inscritos, o que significa que o porcentual de filiados aos partidos representa 8,91% do total. Entre mudanças de denominação política, extinção e criação de partidos, hoje estão registrados no TSE 33 siglas, das quais apenas uma, a UP (Unidade Partidária), não tem filiados em Limeira. As demais 32, todas elas têm. Ao todo, o país conta com 16.499.493 eleitores filiados, sendo 3.092.214 só no Estado de São Paulo.
Com as mudanças de denominação, partidos como o PPS, por exemplo, passou a ser denominado Cidadania, entre outros, desde o ano passado e também alguns que deixaram de existir, os números não tiveram mudanças significativas. Os partidos incorporados fizeram alguns crescerem e outros ganharam filiados. Mas a queda de filiação vem acontecendo desde 2018, conforme apurou a Tribuna em nova consulta do TSE.  O que não mudou muito foi a posição dos partidos mais tradicionais, que se mantiveram inalteradas. O MDB continua o maior, com 2.557 filiados, seguido pelo PP, com 1.831, PTB com 1.758, com alteração da quarta para a quinta posições. O PT, com 1644 passou a ser a quarta maior sigla em Limeira (eram 1.504 em 2019) e o PSDB, caiu para quinto, com 1.593 (eram 1.600 no ano passado), e o PL tem, neste ano, 1.370 filiados, contra os 1.361 do ano passado, é o sexto, entre os que estão acima de mil filiados.

DEMAIS SIGLAS
Entre os outros partidos, que têm filiados e até mesmo representantes na Câmara e no Poder Executivo, por ordem alfabética, conforme os números do TSE, estão assim distribuídos: Avante, 480 filiados; Cidadania, 588;                DC, 306; DEM, 642; Novo, 138; Patriota, 761; PCB, 130; PCdoB, 370; PCO, com o maior crescimento, 100%, passando de 1 no ano passado, para 2 neste ano; PDT, 590; PMB, 180; PMN, 462; Podemos, 639; Pros, 86; PRTB, 206;  PSB, 559; PSC (partido do presidente da Câmara), 945; PSD (partido do prefeito), 193; PSL (que elegeu Jair Bolsonaro, hoje sem partido), 643; Psol,  68; PSTU, 153; PTB, 1.758; PTC, 524; PV, 436; Rede, 42; Republicanos, 288 e Solidariedade, 33. Todos esses números estão no site do TSE atualizados até junho deste ano e podem ser consultados em Eleições 2020, Estatísticas do Eleitorado, Partidos Políticos.
Desses partidos, Cidadania, PL, MDB, PDT, PSB, PSC, PSD, PSDB, PTB, PTC, Patriota, Podemos e Republicanos têm representantes na Câmara de Vereadores. O PL é a maior bancada, com quatro vereadores, seguido por Cidadania, MDB, PSC, PSD e PSDB, com dois cada. E os demais, PDT, PSB, PTB, PTC, Patriota, Podemos e Republicanos, com um cada.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*