CORONAVÍRUS: Município fecha comércio e proíbe eventos

CORONAVÍRUS: Município fecha comércio e proíbe eventos

Antonio Claudio Bontorim
LIMEIRA
claudio.bontorim@tribunadelimeira.com.br

A Prefeitura de Limeira promoveu, nesta sexta-feira, 20, mais uma entrevista coletiva à imprensa, para anunciar novas ações de prevenção e controle do coronavírus, Covid-19. O prefeito Mario Botion (PSD) anunciou mais um decreto, publicado nesta sexta-feira, 20, determinando a suspensão de uma série de atividades comerciais na cidade e ratificando o estado de emergência em Limeira. A partir desta segunda-feira, 23, lojas, academias de ginástica, escolas particulares, clubes, bares e prestadores de serviços não essenciais deverão paralisar o atendimento. De acordo com Botion, o momento é delicado e por isso é necessário antecipar todas as medidas necessárias para conter o avanço do coronavírus. Com cinco notificações novas, divulgadas no final da tarde da sexta-feira, 20, Limeira tem 17 suspeitos e nenhuma confirmação de coronavírus.
A coletiva aconteceu, novamente, na área externa do Paço Municipal, o Edifício Prada. Botion afirmou que eventos em locais abertos ou fechados, de caráter cultural, lúdico, esportivo, religioso e social, também serão proibidos a partir desta semana que se inicia. “A população precisa entender a gravidade do momento, principalmente para os idosos, que devem ficar em suas residências. Os filhos devem ajudá-los, fazendo o serviço de rua”, justificou Botion. No evento estiveram presentes o deputado federal por Limeira, Miguel Lombardi (PL), além do secretário da Saúde, Vitor Santos.
O prefeito destacou, também, que as atividades comerciais por meio de delivery, setores de alimentação, comércio de produtos de higiene e limpeza, assistência à saúde, postos de combustíveis e suas lojas de conveniência, oficinas mecânicas, borracharias e de guincho não terão restrição de funcionamento. “Dentro do setor de alimentação, restaurantes, trailers, food trucks e lanchonetes poderão funcionar, desde que as mesas tenham distância mínima de 2 metros e que o atendimento seja limitado em 40% da capacidade, com higienização periódica”, afirmou.  Mais uma medida prevista no decreto diz respeito ao funcionamento do Paço Municipal e demais repartições públicas, em que o horário de atendimento será das 13h às 16h, excetuando-se as secretarias de Saúde e de Segurança Pública e Defesa Civil.

Suspensão de atendimentos públicos previstos

Durantes a coletiva foi informado, ainda, que serão suspensos o atendimento ao público do IPML (Instituto de Previdência Municipal) e da Secretaria de Mobilidade Urbana. Ainda quanto as atividades da prefeitura, Botion autorizou que secretarias municipais, Ceprosom e IPML operem em esquema de rodízio de funcionários ou de home office, com exceção de Saúde, Segurança e Medicina do Trabalho. Nesta segunda-feira, 23, a Sancetur colocará em circulação 70% da frota, sendo que o número de ônibus será reduzido em 50% nos próximos dias, quando todos os passageiros deverão viajar sentados. “O decreto da sexta-feira, 20, estabelece também que instituições bancárias (tanto no atendimento interno quanto nos caixas eletrônicos) coloquem à disposição dos clientes álcool gel 70%, e ainda, que o fornecimento de energia elétrica e de água e esgoto não seja suspenso pelos próximos 60 dias.
Já o secretário da Saúde, Vitor Santos, por sua vez, conforme a nota da Secretaria de Comunicação Social, informou que quatro UBSs (Unidades Básicas de Saúde) serão reservadas exclusivamente ao atendimento de pessoas com sintomas respiratórios leves. A partir desta segunda-feira, 23, também, as unidades Nova Europa, Morro Azul, Novo Horizonte e Boa Vista receberão apenas os casos de pacientes com febre (acima de 37,8 C°), tosse, coriza, congestão nasal, dor de garganta, dor no corpo e dor de cabeça. Essas UBSs funcionarão, a partir da próxima quarta-feira, 25, em horário estendido, das 8h às 20h, de segunda a sexta-feira.
Sobre a necessidade de estruturar um local para os casos mais graves de coronavírus, Santos declarou que, após reuniões com representantes de todas as unidades hospitalares, houve o entendimento de que o hospital da Humanitária seria a melhor opção. Nos próximos 15 dias, o hospital abrirá 10 leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) para os pacientes que apresentarem complicações da doença. “Esse número aumentará gradativamente para 30 leitos.  O site da prefeitura também dispõe de uma página com informações oficiais, precisas e atualizadas sobre a pandemia de coronavírus. O endereço é www.limeira.sp.gov.br/coronavirus. (Antonio Claudio Bontorim)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*