São emendas parlamentares para projetos específicos, aí foi um corte. Não foi um corte da minha caneta

São emendas parlamentares para projetos específicos, aí foi um corte. Não foi um corte da minha caneta

Do ministro da Educação, Abraham Weintraub, dizendo que o corte de R$ 926 milhões na sua pasta, remanejados para outras áreas do governo, foi para pagar emendas parlamentares em relação à Reforma da Previdência. Esse valor equivale a 16% de todo corte na Educação. Na Folha de S. Paulo. Sexta-feira, 16.

Foto
: Marcelo Camargo/ABr

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*