Fora de Expediente

Fora de Expediente

Antonio Claudio Bontorim
Redação
LIMEIRA
redacao@tribunadelimeira.com.br

Mais que nunca
Criticar, na política ou em qualquer área humana, é fundamental ao desenvolvimento. Elogiar, muitas vezes, é inadequado, mas é preciso, sempre reconhecer boas iniciativas. Principalmente quando partem de políticos, independentemente os partidos aos quais pertençam e suas ideologias.

Com o pé atrás
Sem desmerecer, mas há de fato vida inteligente entre os políticos também. Como por exemplo, a divulgação mensal de um relatório com os valores arrecadados pelo sistema de estacionamento rotativo, a área azul, explorada pela Hora Park. Esse relatório, conforme projeto protocolado pelo vereador Anderson Pereira (PSDB), deverá ser enviado a todos os vereadores.

Divulgação total
Pelo projeto, até mesmo um jornal de “grande” circulação no município está previsto para receber as informações, pelo menos duas vezes por mês, “aos finais de semana”. Só não fala como será essa publicação e de onde deve partir. E como será escolhido esse jornal…

Pensando grande
Já o vereador Wagner Barbosa (PSB), continua fazendo as vezes de um deputado, nas esferas estadual e federal. Quer o apoio do governo estadual ao esporte paralímpico e o retorno do Ministério do Trabalho a Limeira. Pedidos feitos ao governador João Doria (PSDB) e ao presidente Bolsonaro (PSL).

Será que agora vai?
Na semana em que a Tribuna de Limeira publicou o editorial “Usuário lesado”, sobre o aumento na passagem do transporte coletivo urbano em Limeira e a baixa qualidade dos serviços, o prefeito Mario Botion (PSD) convocou coletiva para falar das melhorias no sistema.

Dívida de R$ 90 mi
Botion anunciou, como mostra matéria nesta edição da Tribuna, o fim da intervenção e a substituição de 100% da concessão por nova empresa de ônibus. Ele disse que a Limeirense será devolvida aos proprietários.

Com ar e… wi-fi
O prefeito anunciou também, entre as novidades dos novos coletivos, que devem chegar em 90 dias, veículos com ar condicionado e wi-fi.

Sessão ordinária
A coletiva, aliás, parecia uma sessão ordinária da Câmara. Mais de uma dezena de vereadores estava presente. Com certeza toda a base de apoio do prefeito no Legislativo.

Como adolescentes
Legal, mesmo, era ver muitos vereadores, celular nas mãos, digitando, digitando e digitando. Teve parlamentar que não deixou de digitar em nenhum momento da entrevista. Só mesmo quando acabou e todos começaram a se levantar.

É bem escorado
A prática do jornalismo está escorada em três pilares insubstituíveis. Observação, inteligência, a coerência. Nessa ordem precisamente. Inteligência e coerência, na maioria dos casos, são fáceis de perceber. Mas a observação é um pilar para poucos.

Humildade ajuda
E não é por falta de prática não. E nem por inexperiência. É por pura vontade de mostrar engajamento e, principalmente, conhecimento. A observação é imprescindível em quaisquer circunstâncias.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*