QUATRO MESES: Cadastro biométrico ainda é baixo

QUATRO MESES: Cadastro biométrico ainda é baixo

Antonio Claudio Bontorim
LIMEIRA
claudio.bontorim@tribunadelimeira.com.br

Na próxima terça-feira, 4, completa-se quatro meses do início do recadastramento biométrico em Limeira, mas a situação pouco ou quase nada mudou, conforme última atualização do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), consultada pela Tribuna de Limeira, na sexta-feira, 31.  Até o momento, de acordo com as informações colhidas junto ao site do TSE, Limeira tem 87.548 eleitores com o cadastro biométrico, que passa a ser obrigatório já para as próximas eleições, em 2020, que são as municipais. O número representa, hoje, 40,91% do total do eleitorado local, que teve uma queda com o cancelamento de 5.238 títulos, muitos dos quais já sendo regularizados. Nas últimas eleições, Limeira tinha 216.609 eleitores. Com os cancelamentos são, agora, 214.017 eleitores aptos ao voto. Nos cancelamentos, de acordo com o TSE, entram eleitores faltosos nos últimos três pleitos, que não regularizaram a situação eleitoral. São, ainda, 126.469 eleitores sem a biometria eleitoral.
O recadastramento eleitoral biométrico teve início no último dia 4 de fevereiro e segue até 19 de dezembro. E quem perder esse prazo, terá o título cancelado e deverá fazer um novo. O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) ainda não definiu se haverá ou não prorrogação após esse prazo e se esse recadastramento será retomado em 2020, que é ano eleitoral. Para a realização do cadastro biométrico, o eleitor precisa agendar pelo site do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) http://www.tre-sp.jus.br/eleitor/agendamento-titulo-eleitoral-3 ou presencialmente nos cartórios eleitorais, no caso de Limeira o 66ª e 399ª, de segunda à sexta-feira, das 12h às 18h. Os documentos necessários são um oficial com foto (RG, preferencialmente; carteira de trabalho; carteiras de conselhos profissionais e CNH, para quem não for fazer o primeiro título), além da certidão de nascimento ou casamento, certificado de alistamento militar para homens e comprovante de residência (água, luz, telefone, contracheque, contrato de locação no nome da pessoa). O Cartório da 66ª Zona Eleitoral fica na Rua Tiradentes, 627, Centro. E o da 399ª Zona Eleitoral, na Rua Presidente Roosevelt, 543-A, também no Centro.

CENTRAL
Já a Central Biométrica, no Shopping Nações Limeira, deve começar a operar no meio do próximo mês. De acordo com Rafael Falcão da Costa Carvalho, chefe do Cartório da 66ª Zona Eleitoral, estão sendo feitos os serviços de cabeamento de rede, para que os computadores possam ser levados para lá e iniciar os testes, para definir o funcionamento. A preocupação com a baixa procura, entretanto, é bastante visível. De acordo com ele, é muito interessante que as pessoas que ainda não fizeram o cadastro biométrico, agendem agora que está bem mais fácil, para não dar correria depois. “Nos últimos meses do cadastramento biométrico, os atendimentos serão por senha e ordem de chegada. E se as pessoas deixarem para a última hora, com certeza enfrentarão grandes filas”, enfatizou Rafael. Ainda de acordo com ele, a capacidade de atendimento do cartório, que é de 300 cadastros por dia, não está chegando a 150, o que é muito pouco. E, no próximo dia 15 de junho, um sábado, haverá o primeiro plantão para atendimento daqueles que ainda não fizeram o cadastro. “A preocupação é que, se continuar dessa forma, muitos eleitores terão seus títulos anulados, por falta do cadastro biométrico”, finalizou o chefe do cartório.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*