TRANSPORTE ESCOLAR: Apenas 297 vans estão cadastradas

TRANSPORTE ESCOLAR: Apenas 297 vans estão cadastradas

Antonio Claudio Bontorim
LIMEIRA
claudio.bontorim@tribunadelimeira.com.br

A Secretaria de Mobilidade Urbana iniciou, no último dia 20, o período de recadastramento semestral das vans que atendem ao transporte escolar no município. De acordo com dados da pasta, solicitados pela Tribuna de Limeira, a cidade tem, hoje, 453 veículos no segmento, mas apenas 297 se recadastraram para o segundo semestre de 2018. Ou seja, do total de vans, 66% estão regularizadas, o que significa um alerta para os pais de alunos que contratam o serviço, de acordo com o secretário de Mobilidade, Rodrigo Oliveira. . “Pais e alunos que utilizam devem sempre verificar o selo para atestar que os veículos e os motoristas passaram pelo recadastro realizado pela prefeitura”, lembrou.
Segundo a pasta, o período para o recadastramento se estende até o dia 20 de março, um mês, portanto, para que os proprietários de veículos tenham direito ao selo, que mudou: agora ele é quadrado na cor azul, com os dados do recadastro. Isso, de acordo com a Mobilidade Urbana, vale ainda para os ônibus e micro-ônibus, que também devem fazer o recadastramento. “Hoje são, ao todo, 66 veículos nessa categoria [ônibus e micro-ônibus], que têm o mesmo prazo para se recadastrarem”, informou a secretaria. A partir do fim do prazo, os agentes de trânsito estão autorizados a fiscalizar o transporte escolar, para averiguar se está ou não em dia com o documento. “Essa fiscalização é feita para coibir o transporte  escolar irregular no município, que é uma questão de segurança para quem utiliza do serviço”, comentou Oliveira. A prefeitura não cobra nenhuma taxa no ato do recadastramento.

DUAS ETAPAS
A Secretaria da Mobilidade explicou que a fiscalização do transportador é feita em duas etapas. Primeiro no Detran-SP (Departamento de Trânsito do Estado de São Paulo), que fornece uma autorização para os motoristas e, posteriormente, eles devem levar essa autorização de vistoria no local onde é feito o recadastro, na prefeitura, junto dos documentos com cópia, como CNH (Carteira Nacional de Habilitação) com curso de transporte escolar, documento do veículo, certidão de prontuário, impresso através do site www.detran.sp.gov.br e atestado de antecedentes criminais, que pode ser acessado pelo site da Secretaria Estadual da Segurança Pública (www.ssp.sp.gov.br).
Além disso, de acordo com a pasta, são vistoriados os seguintes itens durante o processo de recadastro: aparência externa (lataria e lanternas), para-brisa e vidros, estado dos pneus, bancos e assoalho, cintos de segurança, travas das janelas e martelos, cronotacógrafo (registro de dados como velocidade e distância percorrida) e extintor de incêndio. “Também é exigido adesivo informando a quantidade de lugares do veículo e o número de prefixo em local visível do veículo”, finalizou a Secretaria da Mobilidade.
O recadastramento é feito na Avenida Maestro Xixirri, ao lado da portaria da prefeitura, de segunda a sexta-feira, das 9h às 10h e das 14h às 15h.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*