Liberdade e riscos

Liberdade e riscos

A Tribuna de Limeira foi, na última segunda-feira, 11, na sessão ordinária da Câmara de Vereadores, protagonista de uma série de discursos por parte de vereadores, que apenas serviu para mostrar que a imprensa livre corre riscos. Principalmente a que não entra no jogo político daqueles que imaginam serem os donos da verdade. Que se julgam no direito de julgar sem olhar para o próprio umbigo e para suas próprias ações. Esse protagonismo, desnecessário, diga-se – a imprensa nunca deve ser protagonista, mas agente de transformação – se deu por conta da matéria publicada em sua última edição, a de número 170, que trata da confusão que muitos vereadores fazem na hora de fazer requerimento ou indicação, dois instrumentos de diálogo do Poder Legislativo com o Executivo.
Alguns vereadores não gostaram de ler seus nomes citados, como o caso do Pastor Nilton Santos (PRB) e de Marco Xavier (PSB), aliado de primeira hora do ex-prefeito Paulo Hadich, também do mesmo partido. Ambos partiram para ofensas, como se a matéria fosse a eles ofensiva. Outros, como Vaguinho da Santa Luzia (PPS) justificou, afirmando que a requerimentos o Poder Executivo responde, mas a indicações, não. Já Erika Tank (PR), também citada apenas queria saber quais eram os três requerimentos, que poderiam passar como indicações. Poderiam, não. Deveriam. Não dá para esperar muita coisa de político que não está habituado à liberdade de imprensa ou de opinião, pois se julgam como centro das atenções. O maior exemplo disso, no país, hoje, é o próprio presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL).
Mas voltando à Câmara, é importante lembrar a esses vereadores, em especial àqueles que não sabem dialogar sem ofender, que só uma imprensa livre garante a democracia. A não ser que queiram desconsiderar esse regime de governo, para não ver seus nomes levados a público, quando extrapolam de suas funções. Esta Tribuna vai continuar mantendo esta linha, quer eles gostem o não. Políticos dessa natureza sucumbem ao próprio ego.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*