SEM CORTES: Sesc Limeira garantido para 2023

SEM CORTES: Sesc Limeira garantido para 2023

Antonio Claudio Bontorim
LIMEIRA
claudio.bontorim@tribunadelimeira.com.br

Ainda na expectativa do que pode acontecer, se o governo federal resolver levar adiante a ideia de cortar entre 30% e 50%, das verbas dos Serviços Sociais Autônomos, a denominação correta do chamado “Sistema S”, conforme explicou à Tribuna de Limeira o diretor regional do Sesc-SP em exercício, Luiz Galina, a unidade de Limeira não será afetada. “Os recursos para a construção dessa unidade já estão alocados no orçamento do serviço”, contou. Conforme matéria publicada na edição da semana passada, o próprio Galina já havia comentado sobre o Sesc Limeira, afirmando que o projeto arquitetônico já estava aprovado e será concluído até o final deste ano. “Está tudo indo muito bem e, temos a certeza, de que será uma unidade maravilhosa”, explicou. De acordo com ele, em junho de 2020 as obras devem ser iniciadas, ficando pronta para inauguração em 2023.
Segundo Galina, o projeto é muito interessante e está deixando a direção do Sesc-SP entusiasmada. “Para nós é prioridade, tanto que já temos os recursos alocados”, lembrou. Ainda de acordo com ele, a entidade não pode contrair empréstimos bancários e, dessa forma, deve ter os recursos próprios. “Nós já temos esse aporte financeiro”, disse. Luiz Galina contou, também, que o projeto fica numa área de APP (Área de Proteção Ambiental), que está em parte do terreno doado pela prefeitura e que será cuidada e preservada pelo próprio serviço. “Nós já contratamos a empresa que já está fazendo o projeto de preservação para proteção da cobertura vegetal da área”, comentou. “Inclusive há uma passagem que é utilizada por moradores de um condomínio [Olindo de Lucca] para chegar até o anel viário para tomar o ônibus e que será preservada para este mesmo uso”, completou. O diretor do Sesc finalizou, dizendo que está envolvendo os vizinhos para que eles também se preocupem com a preservação, não jogando lixo, cortando a vegetação ou ateando fogo.

COMO SERÁ?
A unidade a ser construída em Limeira, de acordo com informações da assessoria de imprensa do Sesc-SP, fica na Via Luís Varga, num terreno cuja área é de 20.850 m2 (metros quadrados) com área construída coberta de aproximadamente 21.000 m² e uma descoberta de 12.000 m². A área construída será composta por um térreo inferior e outro superior, mezanino e três pavimentos. Seu projeto arquitetônico é do Consórcio Arte 3, que tem como responsável Pedro Mendes Rocha, além do Grupo SP, com Álvaro Puntoni e João Sodré e JPG. Arquitetura, com José Paulo Gouvêa, além de 30 projetos complementares. A estimativa de atendimento é para 1.500 pessoas por dia. E a estimativa inicial de investimento é da ordem de R$ 120 milhões.
O Sesc Limeira terá programas como um teatro italiano, para 302 lugares; ginásio poliesportivo; clínica odontológica; conjunto aquático com piscinas coberta e descoberta; comedoria (lanchonete); convivência; exposições; biblioteca e leitura; espaço de brincar; curumim; central de atendimento; oficinas; espaço de tecnologia e Artes; turismo social; praça externa para jogos, eventos, apresentações artísticas, dentre outros e sala de ginástica multifuncional e salas de expressões corporais.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*