Fora de Expediente

Fora de Expediente

Antonio Claudio Bontorim
Redação
LIMEIRA
redacao@tribunadelimeira.com.br

Queimou etapas
O vereador Waguinho da Santa Luzia (PPS) está se queimando com seus companheiros. Ele queria, por que queria, a Comissão Permanente de Obras. Mas os demais vereadores, conforme conversa de bastidores confirmadas por fonte altamente fidedigna, não queriam.

A intermediária
Por intermédio da vereadora Dra. Mayra Costa, do mesmo partido e contra vontade de todos ele acabou sendo nomeado para a dita comissão, mas o Jorge de Freitas (Patri) é quem deveria ser o presidente. Tudo, conforme a mesma fonte, combinado e acordado.

Golpezinho legal
Waguinho, entretanto, continua a fonte, não se contentou. Aproveitou um atraso de cinco minutos, de Freitas, à primeira reunião e emplacou a presidência. Ele, conforme a fonte, articulou com Constância Félix (PDT) e Lu Bogo (PR) e acabou levando o cargo.

Ficou mal na fita
Para esse interlocutor, a ação de Waguinho pegou mal com seus pares. Mas agora ele é presidente da Comissão Permanente de Obras…

O clima esquenta
E conforme a coluna Fora de Expediente adiantou na edição do último sábado, 16, e domingo, 17, o vereador Clayton Silva (PSC) dançou legal. Ele foi afastado de suas funções por 90 dias para a instalação de uma CP (Comissão Processante), que pode cassá-lo ou não. Quem assistiu a sessão disse que teve até choro do Clayton.

Decoro quebrado
Quem protocolou a denúncia, por quebra de decoro parlamentar, foi o cidadão André Rodrigues Heleno. A CP teve 15 votos favoráveis e seis contrários. Mais uma vez Waguinho confundiu seus pares, dizendo que votaria pela comissão, mas votou a favor de Clayton.

Outro pra turma
E quem será convocado a assumir a vaga de Clayton é seu suplente, Edgarzinho do Skate, também do PSC.

Outro pra turma
Edgarzinho entra, então, para um seleto grupo. O dos vereadores mais conhecidos pelos seus apelidos. Tem o Zé da Mix, o Waguinho da Santa Luzia, o Helder do Táxi, o Mir do Lanche, Toninho Franco, Lu Bogo e Pastor Nilton e agora ele, o do Skate.

Recordar é viver
Para não esquecer que já tivemos Tigrão, Totó do Gás, Jú Negão, Luisinho da Casa Kuhl, Dinho, Piui… Isso das últimas três legislaturas, na qual está enquadrada a atual. E mais lá atrás a Cida do Mirandinha…

Amigos, amigos…
…negócios à parte. Matéria da Folha de S. Paulo, do último dia 18, trouxe os gastos de candidatos com gráficas pertencentes a políticos. Tudo na esteira da história da laranjada pesselista.

Pertinho da gente
Aqui na região, a gráfica que mais ganhou foi a do ex-deputado petista Antonio Mentor, contratada 132 vezes por 17 candidatos, recebendo R$ 243 mil. Entre os contratantes políticos de outros partidos e até adversários, como o caso do limeirense Miguel Lombardi (PR) e Edmir Chedid (DEM). Ambos antagônicos ao PT. É a política!

O dever de casa
Conforme mostrou a Tribuna, a dengue volta a preocupar. E muito. Os números dispararam no Estado de SP em janeiro, apesar de Limeira estar em dia. E é preciso que a população faça a sua parte, cuidando de seu espaço com carinho, para que ele não se torne um criadouro do Aedes aegypti. E o tipo 2 já chegou à região.

Ainda a dengue
Estranha a ausência do secretário da Saúde, Vitor Santos, de reunião tão importante quanto a da dengue, na criação do Gabinete de Prevenção. Nem citado como presente foi em release.

Créditos em fotos
A partir desta semana, a Tribuna de Limeira passa a adotar o seguinte modelo para creditar fotos enviadas pela Secretaria de Comunicação Social do Município e Núcleo de Imprensa da Câmara. Nas fotos da prefeitura será acrescido o PML  (Prefeitura Municipal de Limeira) e nas fotos da Câmara será acrescido o CML (Câmara Municipal de Limeira).

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*