R$ 220 MILHÕES: Lombardi avalia recursos a Limeira

R$ 220 MILHÕES: Lombardi avalia recursos a Limeira

Antonio Claudio Bontorim
LIMEIRA
claudio.bontorim@tribunadelimeira.com.br

Reeleito com mais de 93 mil votos, dos quais quase 64 mil só em Limeira, o deputado federal Miguel Lombardi (PR) falou à Tribuna de Limeira sobre o seu primeiro mandato, lembrando que conseguiu, através das ferramentas políticas das quais dispunha, mais de R$ 220 milhões ao município, principalmente na área de saúde pública e assistência social. “Acredito que os investimentos  assegurados para a Santa Casa de Limeira foram históricos”, avaliou Lombardi, lembrando que “esses avanços não resolvem todos os problemas da saúde municipal, mas considero que fiz a minha parte, reiterando o meu compromisso com o serviço de saúde nos próximos anos”. Só para a assistência social foram cerca de R$ 4,6 milhões e o objetivo agora é avançar para outras áreas estratégicas.
Segundo disse o deputado à Tribuna, ele vem concentrando suas forças na retomada do aeroporto e a construção do viaduto da Barroca Funda. “O aeroporto está bastante avançado. O projeto técnico já foi aprovado no Ministério dos Transportes. Fiz gestão também para que os recursos fossem empenhados no orçamento do ministério, inclusive com o aval da Presidência da Caixa [Caixa Econômica Federal], para que o valor seja liberado ainda este ano”, afirmou Lombardi. Em relação ao viaduto, ele disse que está trabalhando em parceria com o prefeito Mario Botion (PSD), na busca de financiamentos em bancos públicos, ministérios ou organismos internacionais de desenvolvimento. “Ambos os projetos esbarram em burocracias e é preciso muita força política para avançar em cada etapa. Mas eu tenho fé que vamos conseguir mais estes benefícios para a nossa cidade”, enfatizou.
Para o segundo mandato, o deputado limeirense diz que o objetivo é tirar do papel esses projetos estratégicos ainda no primeiro semestre, citando sempre a parceria e o apoio de Botion. “Destravando estes programas vamos gerar um impacto positivo na economia da nossa cidade. São obras que geram emprego e renda, apesar de serem projetos difíceis e da instabilidade que passa o país”, afirmou. Ele acredita que a próxima legislatura será de momentos intensos no Congresso Nacional e o papel do parlamento é ajudar nas ações do novo governo e estimular a união da sociedade. “Eu acredito que o Brasil vai crescer, vai recuperar a economia e gerar emprego para os brasileiros que precisam, e aproveito para agradecer as 93.093 pessoas do estado de São Paulo pela oportunidade que me deram de ajudar o nosso país neste momento único”, comentou.

NOVO GOVERNO
No primeiro contato que teve com o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), Lombardi disse à Tribuna que chamou a atenção sobre a grave situação das santas casas e também para o risco de redução orçamentária para o terceiro setor, durante reunião com a nossa bancada de deputados. “Esse diálogo é importante para construir o consenso sobre programas relevantes para o Brasil, uma vez que o apoio da nossa bancada ao novo governo nasce dessa necessidade de tudo isso e de tirar o Brasil da recessão”, avaliou, finalizando que “temos reformas duras para fazer e é hora de virarmos a página da instabilidade política causada pela impunidade e que gerou 14 milhões de desempregados no país”.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*