Fora de Expediente

Fora de Expediente

Antonio Claudio Bontorim
Redação
LIMEIRA
redacao@tribunadelimeira.com.br

Eleição à vista
Na sessão ordinária da próxima segunda-feira, 17, será eleita a nova mesa diretora da Câmara para o biênio 2019/2020. É, também, a última sessão do ano e, no dia 22, os vereadores entram em recesso, que segue até o dia 1º de fevereiro de 2019.

Aos interessados
Dois vereadores estão pleiteando a presidência. Lemão da Jeová Rafá (PSC) e Pastor Nilton (PRB). O segundo já presidiu o Legislativo Municipal.

Seis são os cargos
Além do presidente, serão eleitos o vice, primeiro e segundo secretários, corregedor e vice-corregedor. Todos os nomes serão conhecidos e oficializados somente no dia da votação, que é nominal.

Mudando de lado
E por falar em vereador Marcelo Rossi, notícias de bastidores dão conta que ele estaria articulando uma chapa de oposição para concorrer à Mesa Diretora da Câmara, nesta segunda-feira, 17.

E o Pastor Nilton
Essa chapa teria também o Pastor Nilton Santos (PRB), que inclusive já foi presidente da Casa e está pleiteando o cargo novamente. Em tempo, Rossi pertence à mesma sigla do prefeito Mario Botion (PSD). E foi o autor do pedido de CPI da Saúde, que culminou com a saída do secretário Gerson Hansen Martins.

Nunca está lá
Marcelo Rossi (PSD) dificilmente é visto em eventos no Gabinete, como coletivas, nas quais até vereadores de oposição participam.

Merecidíssimo
Projetos de nomeação póstuma e homenagens, às vezes têm caráter apenas político e de interesse em atrair simpatia da família do homenageado e, com isso, aumentar o cacife eleitoral. Denominar o Teatro Vitória de Emiliano Bernardes Silva, entretanto, tem que receber elogios, pois o mérito está mais que consagrado.

Ideia muito boa
Foi valiosa a contribuição do vereador Marcelo Rossi (PSD), ao apresentar o projeto de lei que homenageou Emiliano e importante sua aprovação.

Ilustre conhecido
Quem conheceu e conviveu com Emiliano é sabedor do seu interesse pela história de Limeira, pela cultura local e como ele era entusiasmado, quando falava disso em suas conversas com amigos. Registrou muita coisa de uma época da cidade, tanto em filmes como em fotos. Um arquivo que precisa ser conhecido dos limeirenses.

Metade concluída
Mais 16 dias e o ano de 2018 termina. E, com ele, se vão os dois primeiros anos dos mandatos municipais, tanto para vereadores quanto para o prefeito Mario Botion (PSD). Resta saber como começarão os dois últimos anos, até chegarem à próxima eleição municipal.

Que venha 2019
Pelo menos parece que a relação prefeito e vice acabou se estabilizando. Pelo menos ambos estiveram nos últimos eventos de Gabinete. Principalmente nas coletivas. Mas ainda há a antiga e conhecida maldição dos vices em Limeira. Quem viver, verá!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*