BANCO DE SANGUE: Estoque está regular, diz Santa Casa

BANCO DE SANGUE:  Estoque está regular, diz Santa Casa

Antonio Claudio Bontorim
LIMEIRA
claudio.bontorim@tribunadelimeira.com.br

Dezembro e janeiro, assim como junho e julho, são considerados meses com menor número de doações e o Banco de Sangue da Santa Casa tem que recorrer a campanhas, para que o estoque não decline ou fique abaixo do desejado. Apesar disso, de acordo com a Assessoria de Imprensa do Hospital, o estoque está sendo mantido regularizado, justamente devido às campanhas e aos doadores espontâneos, que procuram o Banco de Sangue. “Sempre trabalhamos com parcerias ou estamos realizando campanhas, divulgações, além de contar com a população limeirense, que é muito solidária e comparece bastante ao serviço”, explicou a assessoria da Santa Casa.
Segundo as informações repassadas à Tribuna de Limeira, até o último mês de novembro foram 6.700 doadores espontâneos e, no total, o número final chegou a 9.300, completando-se com os que vêm através das campanhas de divulgação. “Até o momento quase 100% dessas doações foram utilizadas, revelando que é preciso cada vez mais consciência e aumento nos números de doadores, para que o Banco de Sangue da Santa Casa possa atender, sem qualquer tipo de dependência externa”, informou a assessoria de imprensa. Essas doações, ainda de acordo com a assessoria, se equiparam às do ano passado, o que acaba comprovando a regularidade do órgão.

MÉDIA MENSAL

O Banco de Sangue da Santa Casa de Limeira, conforme a assessoria de imprensa, tem uma média de 700 doadores por mês, o que segundo ela, é suficiente para manter o estoque desejável. Apesar de ser apenas local – não atende a região – o Banco de Sangue da Santa Casa abastece, também, os outros dois hospitais particulares do município e alguns regionais. Apesar de esses dois meses serem bastante complicados, o Banco de Sangue da Santa Casa não recorre a nenhum outro ou hemocentros, para se manter abastecido. Para manter as pessoas conscientizadas da importância da doação de sangue, a Banco de Sangue recorre também, além das tradicionais campanhas, a de entrevistas com prováveis doadores.
Hoje, para ser um doador, a pessoa precisa ter acima de 16 e até 70 anos de idade, ser saudável e não ter passado por doença infectocontagiosa. Os que mais doam, de acordo com a assessoria de imprensa da Santa Casa, estão entre os 18 e 35 anos de idade. A assessoria de imprensa da Santa Casa afirma, também, que quem quiser e desejar ser doador ou fazer uma campanha de doação de sangue para o Banco de Sangue, deverá entrar em contato com 15 dias de antecedência através dos telefones 3446-6115 ou 3446- 6124 e por e-mail: samira.bs@santacasalimeira.com.br, além de respeitar o horário de funcionamento do órgão, que é de segunda a sexta-feira, das 7 às 14h e, aos sábados, das 7h às 11h. Para doar, além da idade regulamentar e ser saudável, é preciso tomar café da manhã, porém não almoçar, pesar acima de 50 quilos e apresentar um documento com foto (RH ou CNH) e o CNS (Cartão Nacional do Sistema Único de Saúde), o Cartão SUS.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*