PÁGINA FALSA: Golpistas usam site de compras

PÁGINA FALSA: Golpistas usam site de compras

Antonio Claudio Bontorim
LIMEIRA
claudio.bontorim@tribunadelimeira.com.br

Os golpistas que se utilizam de páginas falsas de grandes sites de vendas estão aproveitando o período de fim de ano que se inicia, para tentar levar vantagens sobre pessoas que desejam vender algum produto. Nas últimas semanas, de acordo com uma usuária do serviço, que terá seu nome preservado, quase perdeu um celular que desejava vender. “Coloquei o anúncio do celular na OLX [conhecido site de compra e venda], com o número do meu WhatsApp, quando entrou uma compradora, que pediu para compra-lo pelo Mercado Livre [outro site], que é bastante conhecido. Apesar da resistência, tive boas informações sobre a segurança e então resolvi vender”, contou a usuária à Tribuna de Limeira, que já tinha até o endereço completo, nome da destinatária e a cidade, Mogi das Cruzes (SP), com bairro, CEP, e todos os complementos
Segundo ela, como nunca havia vendido por este site, ela não sabia que o frete era por conta do cliente e na hora do pagamento vem um selo e código de “pago”, é só imprimir, embalar e colar. “Então falei com a compradora, que iria abrir uma conta no Mercado Livre para postar a venda. A compradora começou a mandar mensagem, perguntando se já tinha aberto a conta, me tratando com muita delicadeza, o que aconteceu também no dia seguinte”, afirmou, para completar: “nesse dia fui ao correio e no e-mail que recebi constava Sedex 10. Foi aí que a atendente do Correio me alertou sobre os procedimentos e, ao entrar em minha conta, não conseguia ver o anúncio postado, mas como tinha guardado o link entrei e percebi que não tinha nada comprado e nem pago”, contou.
Ainda de acordo com ela, após muita dificuldade conseguiu se comunicar com o Mercado Livre e foi informada que foi fraude, recebendo inclusive algumas recomendações sobre como proceder e tentar recuperar o produto antes que fosse enviado. “Não informar dados pessoais, verificar sempre se o remetente tem os e-mails do Mercado Livre ou Mercado Pago, nunca clique em links dos e-mails e não enviar o produto antes da confirmação do pagamento no próprio site foram essas recomendações”, disse a usuária, que conseguiu recuperar o pacote antes do envio. “A atendente do Correio me disse também que o Mercado Livre não opera com Sedex 10. Apenas com PAC e Sedex”, contou a mulher, que em seguida foi falar com a gerente da agência dos Correios em Limeira, que afirmou que neste período foram quatro pessoas que conseguiram recuperar suas encomendas, fora as que não conseguem. “a gerente me alertou, ainda, que agora para estes dois meses, novembro e dezembro, os golpes tendem a piorar e o site que mais fraudado é o Mercado Livre”, finalizou.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*