Editorial: Direito, com dever

Editorial: Direito, com dever

Os números apresentados pela Secretaria Legislativa da Câmara, no último dia 26, durante coletiva, e mostrados em manchete pela Tribuna de Limeira em sua edição passado, são de fato preocupantes e justifica a apreensão do presidente da Casa Zé da Mix (PSD), que encerra neste ano sua gestão de dois anos no seu comando. Mais que isso, a pesquisa muito bem elaborada, realizada e tabulada por funcionários de carreira do Legislativo, traz um retrato do que é, hoje, a participação política da população junto aos seus legítimos representantes. Quase nada seria a conclusão, não fossem os habitues frequentadores das sessões ordinárias (pouco conhecida, nessa terminologia pelos entrevistados).
A revelação, se não é um bom retrato do que a maioria pensa hoje da política, é também um alerta sobre a capacidade que a sociedade tem para criticar algo que não conhece. Ou seja, se não sabe como funciona, quando acontece uma sessão, onde fica a Câmara da cidade e o que fazem os vereadores, perde, também, esse direito, isto é, à crítica, muito comum entre os que rechaçam a carreira política. Ninguém pode, ou deve, falar sobre o que não conhece, principalmente se não conhece de fato o tema que vai tratar. Além disso, revela que a comunicação é imprescindível para qualquer órgão público e que essas ações, antes de serem consideradas como gasto, devem ser tratadas como investimento. Investimento para atrair o cidadão à participação, já que ele anda, de fato, avesso aos políticos, conforme mostrou a quantidade de eleitores faltantes no segundo turno das eleições, ocorrido no último domingo, dia 28.
Se o contribuinte, que é eleitor e cidadão, quer ter – e tem – o direito de cobrar seus representantes, ele tem o dever de conhecer quem são eles, o que fazem e onde estão. Fora isso, essa interação não tem valor algum, quando se torna unilateral. De ambas as partes.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*