APÓS SETE ANOS: Slac é reaberto e retorna a calendário

APÓS SETE ANOS: Slac é reaberto e retorna a calendário

Salão volta a fazer parte das atividades culturais locais

Redação
LIMEIRA
redacao@tribunadelimeira.com.br

O Slac (Salão Limeirense de Arte Contemporânea), que neste ano chega à sua 26ª edição, foi aberto na sexta-feira, 9, às 20h, no Salão Expositivo do Museu Histórico e Pedagógico Major José Levy Sobrinho, quando foram conhecidos os destaques da edição, que retorna após sete anos. Sua última edição aconteceu em 2011. A iniciativa, da Secretaria de Cultura, era uma ausência sentida, conforme avaliou, em nota distribuída pela Secretaria de Comunicação Social, o secretário José Farid Zaine. “Era uma das lacunas mais sentidas pela população, principalmente entre os militantes da área. Um município como o de Limeira, cheio de talentosos artistas das artes visuais, que nos representam Brasil afora, não contar com seu próprio espaço para essa finalidade era injustificável”, comemorou o secretário.
Segundo a nota, nesse retorno, o Slac recebeu inscrições de quase 250 artistas, sendo 18 selecionados. Fizeram parte da Comissão Julgadora Tadeu Chiarelli, Sylvia Furegatti e Valéria Piccoli. “Todos os artistas selecionados recebem ajuda de custo no valor de R$ 600, um dos diferenciais do retorno do salão, já que nem todos apresentam essa contrapartida aos artistas participantes, além de concorrerem às premiações nas categorias determinadas”, explicou a nota. Entre essas categorias estão o Prêmio Aquisitivo Prefeitura de Limeira, com R$ 3.000. Ao 1º lugar foi dado R$ 2.500; ao 2º, R$ 1.500 e, ao 3º, R$ 1.000. O Prêmio de Limeira foi de R$ 2.000. Já o prefeito Mario Botion (PSD), disse que Limeira não só mantém seus projetos culturais, como traz de volta os que já estavam há tempo sem ser realizados, como era o caso do Slac.
A visitação do salão vai até 23 de novembro, de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h, sábados, das 9h às 17h; e domingos, das 9h às 12h. A entrada é pela Rua Treze de Maio, nº 102, Centro, na Praça do Museu.

Foto: Antonio Claudio Bontorim
Legenda:

Confira os artistas que
compõem o 26º Slac

Júnior Suci
Desenho – Fotografia
Assim Olhei Melhor
Assim Ouvi Melhor
Assim Falei Melhor
São Paulo – SP
2015

Vane Barini
Instalação
Eu sei Tudo Sobre meu Vizinho
2017

Vídeo
O Homem que eu Amo
2018
Campinas – SP

Giulia Bianchi
Pintura
Série Sem título (notas)
São Paulo / SP
2018

Iza Figueiredo
Instalação
Pequeno Reino para Encontros Cúmplices I
Pequeno Reino para Encontros Cúmplices II
Itu / SP
2018

Paulo Medo
Escultura
Tinta na “Obra”
Limeira / SP
2018

Sérgio Adriano H
Fotografia – Objeto
Coleção Tempo de Saber
Arte no Brasil NEGROS
São Paulo / SP – Joinville / SC
2018

Rogério Pinto
Pintura
Auschwitz e Gato-2018
Homem Tigre-2018
Cachorro, Homem Amarelo-2017
São Paulo / SP

Santacosta
Objeto
O Sol e o Unicórnio-2016
Junção Exposta-2016
Palavras Cruzadas-2017
São Paulo / SP

Esther Casanova
Colagem
Sem Título XIII
Sem Título VIII
Sem Título XII
São Paulo / SP
2015

Renato Almeida
Instalação
“Coleções / Cartografias”
São Paulo / SP
2016 – até hoje

Manu Gaden
Desenho
Obra A – Viva o Século XXI
São Paulo / SP
2018

Jonas Esteves
Escultura
Planta Robô
Rio de Janeiro / RJ
2018

Renata Laguardia
Vídeo
“La Dame Blanche”
2015
“Militares”
2016
Belo Horizonte / MG

Bruno Faria
Vídeo – Instalação
MAB Museu
Recife / PE
2018

Rafael Zé
Pintura
Salamandra
Porcoroth
Minotauro
Pelotas / RS
2018

Renan Soares
Instalação
Insolência
Pelotas / RS
2018

Marcia Gadioli
Fotografia (Livro de Artista)
Limiares
São Paulo / SP
2017

Gustavo Aragoni
Desenho
Sem título
Sem título
Sem título
São Paulo / SP
2018

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*