R$ 15 MILHÕES: São Judas anuncia medicina para 2019

R$ 15 MILHÕES: São Judas anuncia medicina para 2019

Antonio Claudio Bontorim
LIMEIRA
claudio.bontorim@tribunadelimeira.com.br

Agora é oficial. Em coletiva realizada na sala de reuniões do Gabinete da Prefeitura de Limeira, com a participação do prefeito Mario Botion (PSD), secretários e alguns vereadores, a Universidade São Judas anunciou o início das atividades da faculdade de medicina, e outros 12 cursos, em Limeira, entre fevereiro e março do ano que vem, em prédio onde funcionou a antiga Fumagalli e hoje pertence ao Carrefour, de quem foi locado. Além da medicina, que será o carro-chefe da instituição, virão administração, educação física, ciências contábeis, engenharias de produção, civil, mecânica e elétrica, biomedicina, pedagogia, nutrição, farmácia e gestão de recursos humanos. O anúncio contou com a presença da reitora da universidade, professora-doutora Denise Campos, e da representante da mantenedora da instituição, a diretora de Engenharia, Expansão e Facilities, Elizabete Andrade.
Segundo a reitora, o curso de medicina da São Judas é um dos mais modernos do país, por que agrega tecnologia de ponta à estrutura digital e, desde o primeiro ano, os alunos já vão a campo, para aprender o sentido da profissão. “Passamos por uma seleção extremamente rigorosa do MEC [Ministério da Educação], concorrendo com outras importantes instituições de ensino de medicina do país e, agora, estamos prontos para iniciar as atividades, em fevereiro ou março de 2019”, afirmou. Ainda de acordo com ela, os projetos já estão prontos e agora depende do Poder Público Municipal a aprovação e os avais, para que se inicie a reforma e adaptação do prédio e uma auditoria final do MEC, para anunciar o primeiro concurso vestibular, ainda este ano. “Entre importação dos equipamentos e as reformas do prédio e demais custos, nossos investimentos são da ordem de R$ 15 milhões”, comentou Denise Campos.
A reitora da Universidade São Judas explicou, ainda, que o curso de medicina promove um contato direto com a população e contará com professores da região e quer formar profissionais com a identidade e a cultura locais, para que esses profissionais possam atuar aqui e na região. “Nós queremos transformar o Brasil pela educação”, enfatizou Denise Campos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*