ÍNDICE MACROPLAN: Limeira volta ao topo de ranking

ÍNDICE MACROPLAN: Limeira volta ao topo de ranking

Antonio Claudio Bontorim
LIMEIRA
claudio.bontorim@tribunadelimeira.com.br

O município de Limeira volta a despontar como líder em um cluster (aglomerado) de 20 municípios, “que extrapolam limitações geográficas e guardam características comuns, como a disponibilidade de receita per capita, densidade populacional e desigualdade de renda”, no Estudo da Consultoria Macroplan, Desafios da Gestão Municipal, do Rio de Janeiro, que leva em consideração os 100 maiores municípios do Brasil. Trata-se do IDGM (Índice de Desafios da Gestão Municipal), que no ano passado, conforme publicou a Tribuna de Limeira, em manchete, na edição 67, de 18/19 de março, o município havia caído sete posições, da primeira para a oitava, desde o primeiro estudo, em 2005 até 2015. Desta vez, de acordo com a Macroplan, a consultoria agrupou esses municípios em oito clusters, para permitir comparações mais equilibradas entre os 100  municípios. Até o ano passado, o estudo era geral, sem levar as características em comum entre eles.
Segundo a Macroplan, o estudo avalia os serviços essenciais prestados à população em quatro áreas, saúde, educação, segurança e saneamento e sustentabilidade, nessas 100 maiores cidades, acima de 273 mil habitantes. No ano passado foi levado em consideração municípios acima de 266 mil. Na avaliação da consultoria, Limeira apresentou “a menor taxa de mortalidade infantil, maior taxa de matrículas em creche, a mais baixa taxa de homicídios e o melhor índice de esgoto tratado”, obtendo a mais alta pontuação e a  melhor colocação entre as 20 cidades que compõe o cluster indicado no estudo da Macroplan. Para tanto, foi criado um indicador sintético, composto por uma cesta de 15 indicadores de todas as áreas analisadas, que é justamente o IDGM, cuja variação é de 0 a 1. “Quanto mais próximo de um, melhor o desempenho do município”, explica o estudo.  Em 2005, quando foi feito o primeiro estudo, Limeira liderava ranking com o índice de 0,662, passando em 2015 para a oitava posição, com 0,699. Na educação também houve retrocesso, com a cidade passando, da primeira posição, com o índice de 0,554, para a 15ª posição, com 0,597.

SEM DISTORÇÕES
Na análise por cluster, de acordo com as informações da Macroplan passadas à Tribuna, as comparações entre os diferentes municípios evitam  distorções comuns, aponta o estudo e mostra que os municípios com a maior população do país em diversas dimensões, afetam claramente a competência da gestão pública na  prestação de serviços bem como na capacidade de melhorar indicadores econômicos e sociais. “É possível avaliar o desempenho de cada cidade comparando com um grupo de municípios mais semelhante em termos de complexidade de gestão e disponibilidade de recursos, além de identificar um potencial de melhoria dos indicadores mais factível com a realidade de cada local”, analisa Glaucio Neves, diretor da Macroplan e coordenador do estudo. Para o especialista, as análises por cluster permitem ainda às cidades se espelhar nos melhores exemplos de cada grupo como inspiração. “É uma forma de ganhar tempo e poupar recursos”, concluiu .

ENTRE OS 100
No ranking geral, Limeira também subiu duas posições em relação ao ano passado e agora está em 6ª colocação, com 0,716, entre as 100 analisadas. Por área tem destaque na 4ª posição em saneamento e sustentabilidade; 8ª em segurança, 14ª em educação e 22º em saúde. Fica atrás apenas de Maringá (PR), 0,748; Piracicaba (SP), 0,739; São José do Rio Preto (SP), 0,738; Jundiaí (SP), 0,733 e São José dos Campos (SP), 0,727, em ordem decrescente.  A pesquisa geral da Macroplan sobre o IDGM se refere há uma década, com dados de 2017, com retrovisor voltado para 2007, de acordo com a consultoria carioca.

Limeira e as 20 cidades do cluster

No cluster ao qual Limeira foi inserida, constam cinco municípios do Estado de São Paulo, cinco de Minas Gerais, três do Paraná, dois do Rio Grande do Sul e um do Rio de Janeiro. Entre os 15 indicadores analisados, Limeira aparece com destaque em cinco deles como melhores resultados do cluster: matrículas na creche, 48.5%; taxa se mortalidade infantil, 8,1; taxa de homicídios, 6; índice de esgoto tratado, 100% e índice de perdas de água, 15,6%. Veja as cidades que se assemelham a Limeira e as colocações obtidas, em ordem decrescente, conforme o quadro abaixo. (Antonio Claudio Bontorim)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*