LONGE DA META: Limeira prorroga vacinação até final do mês

LONGE DA META: Limeira prorroga vacinação até final do mês

Antonio Claudio Bontorim
LIMEIRA
claudio.bontorim@tribunadelimeira.com.br

Assim como no cenário nacional, Limeira não atingiu a meta estipulada pelo MS (Ministério da Saúde) para imunização contra a poliomielite e o sarampo, que é de 95%. No município, das 13.044 crianças, de um ano a menores que cinco, que deveriam ser vacinadas de acordo com a Vigilância em Saúde, foram 11.239 contra a pólio e outras 10.858 contra o sarampo. Ou seja, apenas 81,85% do público alvo da pólio e 79,80% do sarampo receberam a imunização. Devido a este diagnóstico, a Secretaria da Saúde também prorrogou a campanha até o final de setembro, para aumentar a cobertura vacinal e, dessa forma, chegar à meta estipulada.
Paralelamente, as secretarias de Saúde e Educação iniciaram, na terça-feira, 4, a busca ativa de crianças de um ano até cinco anos – público-alvo da campanha. “Duas unidades móveis irão percorrer os CIs (Centros Infantis) para vacinar os alunos dessa faixa etária”, de acordo com nota da Secretaria de Comunicação Social. Já o secretário da Educação, André Francesco, afirmou que as diretoras dos CIs estão solicitando aos pais ou responsáveis, autorização para vacinar as crianças dentro da escola. “Para tanto é preciso encaminhar às escolas a carteira de vacinação dos filhos, para que os profissionais de saúde possam fazer a conferência da situação vacinal de cada uma delas”, informou a nota. Nos Centros Infantis Aldelena Baraldi Fonseca Santos, Caroline Pardo Campos Freire, Márcia Helena Baldove Bettoni e Dinah Bertolini de Moraes foram aplicadas 79 doses da vacina contra pólio e 75 doses da vacina contra sarampo.
Segundo o diretor de Vigilância em Saúde, Alexandre Ferrari, a iniciativa é positiva, destacando que duas equipes de vacinadores percorrerão até a próxima quarta-feira, 13, 25 centros infantis, onde se encontram as crianças na faixa etária de um a cinco anos. A vacinação também continua a ser oferecidas nas 14 UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e também na sede da Divisão de Vigilância Epidemiológica, de segunda a sexta-feira. O horário de atendimento é das 7h30 às 11h e das 12h30 às 16h.

COBERTURA
A cobertura vacinal contra pólio e sarampo nos últimos anos tem ficado abaixo da meta. Neste ano, em Limeira, 87,1% das crianças nascidas receberam as doses. Entre 2016 e 2017, a vacinação contra a pólio atingiu 75% de cobertura e, a de sarampo, que está incluída na tríplice viral, é de 87,1%. A cobertura vacinal nacional tem a média de 77%, de acordo com o MS. Em 1994, o Brasil recebeu da Opas (Organização Pan-americana de Saúde) a Certificação de Área Livre de Circulação do poliovírus selvagem e, em 2016, veio o certificado de eliminação da circulação do vírus do sarampo. Mas em 2018 casos de sarampo já apareceram no Norte, Centro-Oeste e Sul.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*