VIADUTO JÂNIO QUADROS: Ponte terá vistoria em setembro

VIADUTO JÂNIO QUADROS: Ponte terá vistoria em setembro

Antonio Claudio Bontorim
LIMEIRA
claudio.bontorim@tribunadelimeira.com.br

A queda de um viaduto na região portuária de Gênova, no  Itália, a ponte Morandi, no último dia 14, e que deixou mais de quatro dezenas de mortos, além de outros acidentes recentes dessa natureza aqui no Brasil, com estruturas mal conservadas, abre um precedente importante para que as administrações públicas, em todos os níveis, cuidem mais de seus bens, em especial desse tipo de obra de arte. Boa parte delas bastante antiga e que precisa de manutenção e uma melhor conservação. Guardadas as devidas proporções, em Limeira há vários viadutos, alguns com certo tempo de uso e outros mais novos. Um dos mais antigos, senão o mais antigo, inaugurado no início dos anos 1960, portanto do mesmo período da ponte Morandi, que foi inaugurada em 1967, é o Viaduto Jânio Quadros.
Principal ligação entre o Bairro da Boa Vista, Região Leste da cidade, e o Centro de Limeira, e também para quem chega à cidade pela entrada do município, o Viaduto Jânio Quadros recebe um grande fluxo diário de veículos, entre leves se pesados. Não há, porém uma estatística do número de veículos, conforme informou à Tribuna de Limeira a Secretaria de Mobilidade Urbana. Já o secretário de Obras e Serviços Públicos, Dagoberto Guidi, disse à Tribuna que o Viaduto Jânio Quadros recebeu uma vistoria no ano passado e, recentemente, passou também por outra, preliminar, que não apontou problemas. Ainda conforme Guidi, apesar de um parecer extraoficial sobre o estado estrutural da ponte, a pasta tem programada, “provavelmente na primeira semana de setembro”, uma nova vistoria.
Segundo Guidi, essa vistoria será feita por uma junta de engenheiros da pasta e terá a emissão de um laudo técnico, que apontará com mais detalhes, recomendações para intervenções futuras no local. O secretário explicou à Tribuna, também, que há uma preocupação constante com manutenção e zeladoria da cidade e todas essas estruturas estão sendo monitoradas. “Tanto que num curto espaço de tempo realizamos intervenções no Viaduto Laranjeiras e também no Laércio Corte”, afirmou. A última grande reforma do Jânio Quadros aconteceu em 1978, há quarenta anos, portanto, com a troca de todo o piso e pavimentação, aproveitando-se apenas a estrutura do viaduto, na administração do então prefeito Waldemar Mattos Silveira, o Memau. De acordo com informações da Secretaria de Urbanismo, todo o tabuleiro foi trocado, com vigas moldadas no chão e colocadas com guindaste. “Na época foram avaliadas as fundações e colunas, sendo consideradas em boas condições. Já o asfalto foi executado pelos Irmãos Prata”, informou a pasta.

SUA HISTÓRIA
A Tribuna foi, também, em busca de dados históricos sobre a construção do Viaduto Jânio Quadros e o período de construção e inauguração. De acordo com a Secretaria de Comunicação Social, o Urbanismo pesquisou nos arquivos municipais, mas não conseguiu encontrar dados sobre esse período, relativo às obras e quando foi inaugurado. Informações de moradores antigos do Bairro Boa Vista dão conta de que ele teria sido inaugurado em 1964. Já nos arquivos da Câmara de Vereadores, que a Tribuna também consultou, não há data específica de inauguração, mas há registro de que a autorização de desapropriação da área para a construção do viaduto foi feita em 1958. Já denominação, como Viaduto Jânio Quadros veio através da Lei n° 647/1960, de 15 de junho daquele ano, deduzindo-se que a construção teve início nesse período, ou seja, no início dos anos 1960, conforme disseram esses moradores.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*