É absolutamente inquestionável o respeito do governo brasileiro à justa decisão de um tribunal internacional

É absolutamente inquestionável o respeito do governo brasileiro à justa decisão de um tribunal internacional

Do chanceler brasileiro Aloysio Nunes Ferreira, em nota do Ministério das Relações Exteriores, acatando a condenação do Brasil pela morte do jornalista Wladimir Herzog, em 1975, pela ditadura militar. A Corte Interamericana de Direitos Humanos, além da condenação, pediu a reabertura das investigações e a punição dos culpados. Sexta-feira, 6, na Folha de S. Paulo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*