Editorial

Editorial

Ação preventiva

Difícil evitar esse tipo de ação criminosa, porém é preciso que se saiba evita-la e isso só é possível com prevenção. Quantas vezes a prefeitura fizer a necessária limpeza, a sujeira voltará com certeza, poluindo a urbanidade do município, por menor que seja. A questão dos abrigos de ônibus emporcalhados com publicidades, as mais diversas, boa parte delas com telefones de moto táxis, entre as tantas outras que, deixam um aspecto degradante e nada confortável para o usuário que vai se utilizar do ponto. Praça do Museu, atrás da Matriz, pela Dr. Trajano entre outros, são as mais utilizadas por esse tipo de publicidade irregular, conforme mostra, nesta edição, matéria da Tribuna de Limeira, à página 3.
Não é de hoje que isso acontece e como a limpeza obedece às ordens de serviço emitidas pela Secretaria de Obras e Serviços Públicos, nem sempre se vê os abrigos limpos ou sendo lavados, para a retirada dos adesivos e cartazes colados nos vidros. E basta limpar, que lá estão os ‘porcalhões’, novamente, a comprometer a limpeza. Conforme explicou a própria prefeitura, não há emissão de notificações ou multas, por que normalmente esse trabalho é feito por terceiros e não pelas empresas lá expostas. E denúncias raramente acontecem.
Como foi comentado no início, a prevenção é o melhor meio para conter esses sujadores profissionais. E prevenção se faz com a GCM (Guarda Civil Municipal), cuidando também dos próprios públicos. E a Praça do Museu, por exemplo, é um bem público, assim como o são todos os demais pontos, que estão expostos pelo município. Não é a primeira – e nem será a última – vez que se cobra essa ação da GCM, além de sua atuação policial. Há que se pensar nisso, para aí sim por em prática uma fiscalização mais efetiva.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*