GRAU MÉDIO DE SATISFAÇÃO: Câmara de Limeira tem 29% de aprovação

GRAU MÉDIO DE SATISFAÇÃO: Câmara de Limeira tem 29% de aprovação

Antonio Claudio Bontorim
LIMEIRA
claudio.bontorim@tribunadelimeira.com.br

Se não está no topo do ranking, pelo menos não decepcionou em termos de grau de satisfação entre a população. Assim pode ser definida a situação da Câmara de Vereadores de Limeira, que obteve grau médio de satisfação, com 594 pontos, ficando em quarto lugar entre os 12 municípios do Aglomerado Urbano de Piracicaba, através do Indsat (Indicadores de Satisfação dos Serviços Públicos), que a Tribuna de Limeira publica com exclusividade nesta edição. O levantamento, realizado pelo Indsat durante o primeiro trimestre, mostrou que 29% dos entrevistados consideraram a Câmara de Limeira como ótima ou boa, 48% responderam que era regular e ruim e péssimo somam 23%. O instituto ouviu 400 moradores no município, eleitores a partir dos 16 anos até mais de 50 de idade.
Segundo o Indsat, o Legislativo limeirense recebeu grau médio de satisfação, ficando atrás de Araras, Iracemápolis e Cordeirópolis e a frente de São Pedro entre as cinco melhores e, à frente de Piracicaba e Rio Claro, que não aparecem no quadro. De acordo com o instituto, nenhuma das Câmaras avaliadas pela pesquisa atingiu grau de excelência. Araras recebeu 648 pontos; Iracemápolis, 630; Cordeirópolis, 615 e São Pedro, 589. Pelo instituto, essa classificação é atribuída aos municípios que registram entre 500 e 650 pontos. No geral, conforme os dados informados à Tribuna pelo Indsat, a Câmara de Limeira obteve 3% de ótimo, 26% de bom, 48% de regular, 11% de ruim e 12% péssimo, entre os 400 entrevistados, com grau de escolaridade entre o fundamental, médio e superior. A margem de erro é de 4,8% para mais ou para menos e nível de confiança é de 95%. E para chegar a esse resultado, conforme a metodologia do Indsat, multiplica-se o porcentual ótimo por 10; o bom por 8; o regular por 6; o ruim por 4 e o péssimo por 2.
Entre os mais satisfeitos com a Câmara, segundo o perfil traçado pelo Indsat, estão os limeirenses com mais de 50 anos e aqueles que têm o ensino fundamental, vindo a seguir o superior e em terceiro o médio. Mulheres são as mais satisfeitas, assim como os entrevistados de confissão evangélica. O instituto apontou, também, que nenhum dos municípios analisados recebeu alto grau de satisfação ou de excelência, até 799 pontos e a partir de 800, respectivamente. O Aglomerado Urbano de Piracicaba é composto pelos municípios de  Araras, Capivari, Conchal, Cordeirópolis, Iracemápolis, Leme, Limeira, Piracicaba, Rio Claro, Rio das Pedras, Santa Gertrudes e São Pedro. Além do Aglomerado, o Indsat avalia também municípios da RMC (Região Metropolitana de Campinas) e os dez maiores do Estado de São Paulo.

LONGO CAMINHO
A Tribuna procurou o presidente da Câmara, o vereador Zé da Mix (PSD), que avaliou a pesquisa como altamente positiva. De acordo com ele, ter a Câmara de Limeira entre as melhores avaliadas nesses indicadores na região “nos faz querer avançar no trabalho de fortalecimento do Legislativo como instituição representativa do povo”. Zé da Mix disse, também, que, por outro lado, os números mostram o longo caminho ainda a percorrer para que a população veja a Câmara como parceira efetiva no processo de cidadania. “É preciso aumentar a confiança na atuação dos vereadores. Em parte, o número de satisfação não tão alto também se deve à visão crítica à classe política que percebemos de uma forma geral”, comentou, afirmando que vem fazendo um intenso trabalho de colocar o cidadão como protagonista da democracia e aproximação com a população, através de canais de comunicação como ferramentas dessa aproximação entre o Poder Legislativo e a população, tornando cada vez mais transparente o acesso das pessoas às informações sobre tudo o que é produzido por esta Casa de leis”, finalizou.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*