Fora de Expediente

Fora de Expediente

Antonio Claudio Bontorim
Redação
LIMEIRA
redacao@tribunadelimeira.com.br

Ainda está lá…
Na semana passada, a Secretaria Jurídica da Câmara de Vereadores emitiu nota sobre a cassação, pelo TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo), do vereador Anderson Pereira (PSDB), dizendo que só deve ser citada após julgamento transitado em julgado, em todas as instâncias.

Martelo batido
Com o julgamento final e uma possível cassação, a Câmara publica no JOM (Jornal Oficial do Município) e convoca o suplente do vereador, que assumirá sua vaga, com todas as prerrogativas e direitos, deveres e obrigações de um eleito.

Nada mais justo
Afinal o suplente também recebeu votos, só que em menor quantidade. Mas recebeu voto de seus eleitores, diferentemente de um suplente de senador, que quando assume não teve voto nenhum.

Volta de um clã
Se isso acontecer, quem assume é Mara Isa Mattos Silveira (PSDB), filha do ex-prefeito e ex-deputado Mattos Silveira, o Memau. Família que já teve outros políticos, como Moacir Camargo Silveira, irmão de Memau, que também foi vereador. Está tudo em casa.

Tá lento. É lento!
Pelo vai, vem, retorna e depois caminha mais um pouco, é bem provável que essa situação ainda perdure por algum tempo. Processos dessa natureza deveriam voar como um jato, mas trepidam no pedregulho como se fossem calhambeques.

Tudo consumado
Os radares na Rua Luiz Pantano, no Cecap foram aferidos na terça-feira, 27, pela manhã. Com direito a foto dos vereadores e tudo mais. Agora é ver quantos motoristas vão continuar reclamando se levarem multas. Só faltou aquela foto tradicional: um vereador apontando para o radar.

Nenhum problema
A medição, de acordo com nota distribuída pelo Núcleo de Imprensa da Casa, foi feita pelo delegado regional do Ipen (Instituto de Pesos e Medidas), Josias Barbosa. De acordo com a nota, “novamente não foi verificado nenhuma irregularidade no radar”.

Sobrou pra quem?
Nesse caso, é bom os motoristas colocarem as barbas de molho e tirar os pés do acelerador. Como já foi comentado nesta coluna, o radar ainda é a melhor forma de fiscalização do excesso de velocidade. Desde que esteja com aferição em dia.

Mesmo ímpeto
Uma pena que não tiveram o mesmo ímpeto para, de fato, aferir a situação da saúde, conforme pedia a CPI, encerrada daquele jeito, que todo mundo viu. E que culminou com a saída do secretário da Saúde, Gerson Hansen Martins.

Sem ofender? Mas…
…é preciso perguntar: quem cuida da fiscalização do excesso de som em casas noturnas (bares, lanchonetes, restaurantes e afins) em Limeira? Principalmente após as 22h? Está perguntado!

Laranja Redonda
No conhecido reino dos cavaleiros da Laranja Redonda, se consegue falar, e com facilidade, até com o rei, mas tem um cavaleiro, em sua imponente montaria, que dificilmente gosta de falar. Mesmo quando o assunto é com ele.

Março chegou
É o primeiro trimestre do ano se completando. E já é hora de pensar no calendário eleitoral de 2018. O tempo ruge e a sapucaia é grande, diria aquele conhecido personagem novelesco.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*