Fora de Expediente

Fora de Expediente

Antonio Claudio Bontorim
Danilo Janine
LIMEIRA
redacao@tribunadelimeira.com.br

Câmara fechada
Com a Câmara de Vereadores fechada para reformas (reabre na segunda-feira, 8) e o recesso parlamentar, que só termina dia 2 de fevereiro, a política local balança em águas calmas. Sem remos, ventos e velas!

Espera reeleição
Um dos principais interessados em 2018, sem dúvida, é o deputado federal limeirense Miguel Lombardi (PR), que trabalha para sua reeleição. E se depender do prefeito Mario Botion (PSD), apoio não lhe faltará.

As redes não perdoam
Massacrado nas redes sociais após votar a favor da Reforma Trabalhista e contra as denúncias contra o presidente Michel Temer (PMDB), Lombardi terá o grande desafio de acalmar os ânimos dos limeirenses.

Fazendo as contas
Como o próprio deputado e sua assessoria afirmaram a coluna, sem um puxador de votos como o palhaço Tiririca (PR), Lombardi precisará de aproximadamente 80 mil votos para ser eleito. Muito mais que os pouco mais de 32 mil que teve em 2014.

A que preço?
A questão é: o que valeu essa lealdade canina do limeirense com seu partido e o governo Temer?

Voto presidencial
Será que o presidente da República votará em Lombardi para uma vaga na Câmara?

E Paulo Hadich?
Ainda sobre o deputado, todos sabem que ele apoiou Paulo Hadich (PSB) nas eleições municipais de 2015. E agora, será que o staff do ex-prefeito apoiará Lombardi na sua reeleição?

E os concorrentes
Lombardi não estará só. Limeira deve ter outros candidatos que tentarão tirar seus votos. Resta saber se alguém tentará uma composição política para que apenas ele concorra, mas com algumas dobradinhas à Assembleia Legislativa.

Reformulação
O JOM (Jornal Oficial do Município) de quarta-feira, 3, trouxe algumas nomeações de comissionados feitas pelo prefeito Mario Botion (PSD), além de algumas mudanças de comissionados na Secretaria de Comunicação Social cargos com funções gratificadas. Salários variam de R$ 2.149,06 a R$ 7.470,91.

Novo Ouvidor
Destaque foi a nomeação de José Luís Bueno da Silva Júnior para o cargo de Ouvidor Geral, com vencimentos de R$ 7.470,91. Com a mudança, o secretário de Comunicação Social, Antonio Peres, que acumulava o cargo interinamente, deixou a função.

Salário menor…
Botion já havia anunciado que o cargo de ouvidor, que na gestão passada tinha status (e salário de R$ 12.826,29 – com valores atualizados de novembro de 2017) de secretário, passaria por reformulação.

… mas muito bom
Apesar disso, os R$ 7.470,91 pagos a um servidor comissionado, não deixa de ser um ótimo salário.

Atualização
Ainda sobre os vencimentos do funcionalismo, a última data contábil dos salários dos servidores no Portal de Transparência da prefeitura é de novembro de 2017.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*