Bola na Área

Bola na Área

Já estava virando (ou já era) tradição a Copa São Paulo em Limeira. Torcedores viviam momentos de intensa alegria, pois aqui sempre havia um dos grandes.

Poderia apontar várias revelações que passaram por Limeira, como Gabriel Jesus, Malcom, Guilherme Arana, Valdivia (hoje no Atlético Mineiro).

Mas, eis que a danada da economia brasileira acertou em cheio a Copa São Paulo em nossa cidade, porque os demais municípios, que sempre foram sedes, vão continuar sendo.

A gente não sabe onde está doendo o calo de Limeira, mas apenas devemos respeitar a prefeitura em seu posicionamento.

Mas, que daria para manter a sede, isso com certeza daria. Agora, o prazo se esvaiu.

Morreu o rei, viva o rei.

Inter inicia neste sábado, 4, as disputas contra o XV, em Piracicaba. O vencedor em dois confrontos estará apto a disputar a Copa do Brasil ou o Brasileiro da Série D. A Inter, pela sua campanha, pode ser considerada a grande favorita.

O time leonino, que tem o comando do competente João Vallim, foi moldado para sempre estar nas primeiras posições. Foi assim na A3, agora na Copa Paulista e tem tudo para fazer uma grande Série A2 em 2018, conquistando o tão sonhado acesso para a elite do futebol paulista.

Tudo foi minuciosamente planejado, apesar de as dificuldades financeiras terem atrapalhado algumas coisas durante a campanha, mas a diretoria soube contornar os problemas.

No Independente, entendo que ainda há muito tempo para as disputas da Série B, mas poderia haver o consenso de uma contratação imediata, a de um técnico, para que ele iniciasse o planejamento com tempo e com seriedade.

Mas, como tudo esbarra nos problemas financeiros, ainda não se sabe qual o pensamento da diretoria. Ela deve aguardar o início de 2018 para agir, assim espera a grande torcida galista.

E o Brasileirão? De repente pegou fogo para as últimas rodadas. Nas três primeiras posições, equipes paulistas. Grêmio, como finalista da Libertadores, desistiu da disputa, a princípio. Prefere, claro, o título sul-americano.

Essa do Guerrero ter jogado dopado em partidas das Eliminatórias Sul-Americanas pegou de surpresa o mundo do futebol. Ainda é desconhecido o nome do medicamento, mas o médico da CBF, Fernando Solera, não descarta,  pela descrição do medicamento,que  possa ser cocaína.

Continua a farra com o dinheiro público desviado dos esportes. No COB, milhões e milhões foram parar nas contas particulares de Nuzman e seus asseclas. Até quando o país vai suportar essa corja de ladrões?

Fosse apenas no COB, seria dado um jeito. Mas, a cada dia novos lances de dinheiro do povo sendo embolsado por quem deveria cuidar dele. Lamentável.

Neste domingo, 5, mais uma rodada do campeonato society no Sinecol. Será a sétima rodada da fase de classificação. Sempre bom estar junto a amigos, naquele aconchegante local.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*