Luz no fim do túnel

Luz no fim do túnel

A elaboração do projeto de lei que visa regulamentar o ruído em bares e similares em Limeira, de autoria do vereador Wagner Barbosa (PSB), mostra que, sim, é possível que políticos trabalhem atendendo a demanda da população – seus eleitores e responsáveis por seus bons salários.
Com leis bizarras que tratam de barulho no município, como a que determina horários para se soltar fogos de artifício ou a que proíbe se usar equipamentos sonoros em ônibus sem fones de ouvido – isso para citar somente exemplos de leis que tratam do tema – Limeira finalmente pode ganhar uma norma que seja importante para a cidade. Protocolado na terça-feira, 17, após matéria desta Tribuna, o projeto precisa passar pelas comissões pertinentes antes de ser colocado em pauta e votado.
Em uma cidade que busca há anos se reencontrar, voltar ao cenário de destaque nacional que ocupou nas décadas de 1960 e 1970 e que tanto lutou pela vindo do campus 2 da Unicamp (FCA), “proibir” as pessoas de terem um momento de lazer devido ao barulho produzido por determinado local, mostra o quanto Limeira precisa evoluir. É claro que horários e a altura deste ruído precisam de uma regulamentação a ser seguida. Daí a importância deste projeto.
Quando mais vereadores deixarem discussões banais e sem importância de lado, como as escolas sem partido da vida, e ouvirem com maior frequência a população, projetos como este se tornarão mais frequentes. Limeira só agradece.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*