Fora de Expediente

Fora de Expediente

Antonio Claudio Bontorim
Danilo Janine
LIMEIRA
redacao@tribunadelimeira.com.br

Longe da mídia
No último dia 3 completou um ano da derrota de Paulo Hadich (PSB), que concorria à reeleição na prefeitura e acabou em quarto lugar no pleito. De lá para cá, ele anda bem distante da mídia e, ao que tudo indica, não quer muita conversa, não.

Para onde vai…
Seus seguidores e eleitores continuarão, por enquanto, sem saber o que ele vai fazer de sua vida política. Conforme já mostrou a coluna, Hadich está, também, em vias de se aposentar de suas funções como delegado, cargo que exerce, hoje, na cidade de Araras.

Voto indefinido
Já que o assunto é política, em breve, mais uma vez o deputado federal limeirense Miguel Lombardi (PR) terá que responder uma pergunta indigesta na Câmara: como será seu voto nessa segunda denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB)?

Ele foi absolvido
Na primeira denúncia, Lombardi votou pelo arquivamento da denúncia, seguindo determinação de seu partido, o PR.

Que país é este?
Por falar em Temer, enquanto institutos federais e de pesquisas correm riscos de fechar as portas, se solta dinheiro a rodo – desta vez em torno de R$ 4 bilhões – para comprar a consciência dos parlamentares. Renato Russo está mais vivo que imaginamos.

Meio atrasado
A audiência pública realizada pela Câmara com o secretário da Saúde, Gerson Hansen Martins, para falar sobre o fechamento de 17 pontos de distribuição de remédios da prefeitura, revoltou muita gente. Usuários cobraram o porque não foi feita essa reunião antes.

Na mira deles
Pelas redes sociais, as maiores críticas estavam concentradas em perfis pró-Hadich (ex-prefeito).

Gasto judicial
Um dos dados apresentados por Hansen Martins foi o montante das despesas com medicamentos de alto custo, destinados a pacientes que recorrem à Justiça, que ultrapassaram a casa dos R$ 6 milhões.

Apagando incêndios
Secretário de Assuntos Jurídicos do governo Mario Botion (PSD), Daniel de Campos se tornou uma espécie de “bombeiro” no Edifício Prada e sempre que algum colega “não pode” falar com a imprensa, ele acaba sendo convocado.

Nem sempre pronto…
Nem sempre ele consegue atender essa demanda. Por mais preparado que possa ser, há assuntos que ele não domina ou não teria o que dizer.

Porta voz oficial
Prefeito Botion parece que ganhou um “novo porta voz oficial”. Um filiado no PSDB local e figurinha carimbada nas redes sociais tem se mostrado um grande defensor do atual governo. Atitude já era adotada durante a campanha, quando o candidato de seu partido, Eliseu Daniel, disputou a prefeitura contra Botion.

Só em Limeira
Tal postura é comum em Limeira. É um tal de filiado a partido A defendendo e pedindo voto para candidato a partido B e indo contra o seu próprio grupo.

Dupla dinâmica
PSDB e PT, curiosamente, são os dois partidos onde isso mais ocorreria na cidade

Buscando mídia
Prefeito da longínqua Altair, na região de São José do Rio Preto, o médico limeirense Antônio Padron Neto, tem aparecido com certa frequência em alguns eventos em Limeira ao lado de políticos locais. Estaria ele interessado em iniciar uma carreira na vida pública aqui?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*