Bola na Área

Bola na Área

Ainda há um murmurinho entre dirigentes amadores e mesmo os árbitros, sobre a falta de alguns pagamentos. Na semana passada foi reclamado que a verba para pagamento dos alugueis dos campos ainda não havia sido liberada, mas havendo promessa da prefeitura em liberar o dinheiro durante a semana seguinte.

Na pura realidade, ainda não sabemos em quem depositar total confiança, pois existe um jogo de empurra entre as partes.

De um lado, questionada, a secretaria que cuida dos esportes em Limeira se pronunciou, soltando nota oficial de que tudo estava em dia. De outro, o responsável pela arbitragem, se defendendo e também alegando que os pagamentos estão em ordem.

Mas, houve, de novo, reclamações veladas sobre a falta de pagamentos a árbitros.

Enquanto prosseguem os embates fora de campo, as decisões começam neste sábado, com início pela Terceira Divisão.

Com novos dirigentes, o Independente deve partir agora para a etapa de montagem das diretorias respectivas. Luis Paulo Oliveira, eleito para o Conselho Deliberativo, e Carlos Celine, para a Diretoria Executiva, devem começar a se entender para que o futuro do clube seja um pouco menos conturbado que nos dois últimos anos.

Ainda repercute a saída da Arte da Bola, que de quebra deixou o clube com dois rebaixamentos seguidos e várias ações trabalhistas, que serão resolvidas pela nova diretoria.

E, a partir de agora, voltar os pensamentos para a insonsa “Bezinha”, a última série do futebol paulista. Dizem que com R$ 100 mil mensais dá para manter uma equipe combativa.

Por enquanto, não se fala em nomes, nem de treinador e nem mesmo de atletas.

Na Copa Paulista, a partir de agora, o mata-mata não dará chance de recuperação. Em dois jogos, vencerá aquele que tiver mais competência e sangue frio. Boa sorte ao Leão nos embates contra o Linense.

Copa do Mundo na Rússia altera o calendário brasileiro, com os principais campeonatos estaduais começando mais cedo e diminuindo os dias de férias dos jogadores. Folga haverá durante o Mundial, com paralisação do Campeonato Brasileiro da Série A. Ainda se discute se as demais séries também darão um tempo nas disputas.

Em dois jogos da seleção em São Paulo, a CBF arrecadou mais de R$ 20 milhões líquidos. Em Itaquera, renda superior a R$ 12 milhões, e no Allianz Parque, a arrecadação superou a casa dos R$ 15 milhões.  No Brasil, só Verdão e Timão têm lucros iguais à entidade.

Grande abraço ao amigo David Zanetti de Godoy, grande palmeirense e gente de primeira. Tá otimista com o time da “tia Leila” para 2018. Ele e Leandro Consentino são grandes “secadores” do Timão.

Como tem gente em nossa cidade que gosta de um fogo em mato. São os verdadeiros “homens maçaricos”. Viu mato, lá vem fogo. E, a qualquer hora do dia. Depois, reclamam do calor insuportável e de mudanças atmosféricas. Lógico, desmatam e não replantam. Na rua onde moro, dá para contar nos dedos a número de árvores plantadas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*