Fora de Expediente

Fora de Expediente

Antonio Claudio Bontorim
Danilo Janine
LIMEIRA
redacao@tribunadelimeira.com.br

Legado
A gestão Zé da Mix (PSD) parece que quer deixar um legado positivo na Câmara. As ideias de um ponto de coleta permanente de roupas e, agora, para descarte de pilhas e baterias são interessantes e práticas. Além de legislar é preciso pensar no bem estar da população.

Exemplos
Ronei Martins (PT) é outro que também deixou sua marca na Casa com a Escola Legislativa Paulo Freire. Quando há vontade política, sempre é interessante que seus atores saibam aproveitar o momento.

Muitos passaram
Outros só desfrutaram do cargo. Alguns apenas estiveram de corpo presente. Mais ou menos assim, “cheguei, fiquei e passei…”

Após idas e vindas
Prefeitura anunciou o orçamento para 2018. O primeiro da gestão Mario Botion (PSD). Ficou em R$ 1,105 bilhões, estimado pelo PPA (Programa Plurianual) e Programa de Metas, apresentados em audiência pública na terça-feira, 29.

Sem reclamações
Botion, a partir do ano que vem, não tem mais o que reclamar por ter herdado o orçamento de seu antecessor. Orçamento já está na Câmara para avaliação e votação dos nobres edis.

Encontro
Na semana que passou, após reunião entre vereadores, membros da Aeal (Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Limeira), Sindicato Rural, entre outros, para discutir o projeto do Executivo de alterações no Plano Diretor Territorial-Ambiental, a vereadora Constância Félix (PDT) se reuniu com alguns membros da Aeal para falar de problemas no projeto de Botion.

A portas fechadas
O encontro, que aconteceu a portas fechadas no gabinete de Constância, contou com a presença de seu assessor Silvio Brito e até do marido da vereadora e ex-prefeito Silvio Félix (PDT).

Críticas
Conforme apurou a coluna, Constância, Brito e Félix criticaram as mudanças e relataram problemas que existiriam no projeto de Botion.

Mal-estar
Falando ainda em Constância, na sessão extraordinária de quinta-feira, 31, não poupou críticas ao secretário Chefe de Gabinete Edison Moreno Gil que, segundo ela, teria sido mal-educado com os vereadores e os presentes na reunião que explicou a proposta do prefeito nas alterações do Plano Diretor Territorial-Ambiental.

Base forte
A aprovação do projeto na quinta-feira, 31, por 16 votos favoráveis e 3 contrários, em sessão extraordinária na Câmara, mostra a força de Botion na Casa.

Aliados?
Apesar disso, Constância segue articulando. Cogita-se até uma aproximação entre ela e os vereadores de Paulo Hadich (PSB) – Wagner Barbosa e Marco Xavier, ambos também do PSB.

Quem diria?
Há alguns anos seria inimaginável pensar em qualquer tipo de aproximação entre os grupos de Hadich e Félix.

Inimigos mortais
Há quem diga, inclusive, que seria questão de honra para Félix derrotar Hadich em qualquer tipo de disputa envolvendo ambos.

Nosso deputado
Botion, a exemplo do ocorrido no Dia da Empresa Limeirense, não poupou elogios ao deputado federal Miguel Lombardi (PR) em seu discurso na abertura da Aljoias na terça-feira, 29.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*