Fora de Expediente

Fora de Expediente

Antonio Claudio Bontorim
Danilo Janine
LIMEIRA

redacao@tribunadelimeira.com.br

O ‘P’ de Paixão
Placa comemorativa à revitalização da Praça José Ponzo (rotatória das avenidas Piracicaba, Fabrício Vampré e Maria Buzolin), reinaugurada no último dia 14, tem uma curiosidade: o “P” de Paixão (Jurandyr Paixão, ex-prefeito já falecido), que ele utilizou por muito tempo em suas obras.

É bom recordar
Para quem não se lembra, ou não é daquele tempo, quando ainda se podiam utilizar símbolos pessoais em obras públicas, Paixão costumava colocar sua marca, estilizando um “P” em concreto e com a placa comemorativa.

E para lembrar
Mario Botion (PSD) resolveu manter o “P”, com a placa do então prefeito, acrescentando uma segunda placa, a sua. A nova, da reinauguração. Só que pintada em branco. Na época de Paixão, o tom era verde água, também marca de sua administração.

Não era assim…
Atitude merece elogios. Afinal, há uma origem que precisa ser preservada. Naquele período, placa trocada era placa jogada no lixo. Paixão não trazia de volta as placas de D’Andrea ou de Waldemar Mattos Silveira (Memau). Nenhuma originalidade era respeitada.

Vai votar contra
Deputado Miguel Lombardi (PR) disse que vai votar contra a criação do fundão de R$ 3,6 bilhões, proposto na reforma política em vigor. Esta coluna publicou nota em que pedia o posicionamento do deputado, que enviou publicação sua, no Facebook, manifestando-se contrário à verba.

Dinheiro à saúde
Eis a publicação de Lombardi: “votar contra o fundão de R$ 3,6 bilhões é uma obrigação! É um insulto destinar um valor bilionário como este para custear campanhas políticas, enquanto Santas Casas e serviços de saúde clamam por mais investimentos”.

Vai acontecer e…
… não aconteceu! Há muita informação interessante que não é divulgada porque chega à imprensa como pós-evento. Esse pós-evento, para a mídia, a não ser que seja um mega-pós-evento, não tem valor de informação. O pré-evento sim, esse é fundamental.

Quadrado de quem?
São os paradigmas do ser ou não ser! Estar ou não estar! Numa linguagem mais informal do que supõe nossa vã filosofia.

Nova anteninha
Com a chegada da TV digital a Limeira (grátis), programada para novembro, será que o prefeito Mario Botion (PSD) irá cancelar os pacotes de TV por assinatura (paga) contratados no governo Paulo Hadich (PSB). O serviço custa R$ 311 mensais.

Nova parceria
Enquanto o vice-prefeito Dr. Júlio (DEM) aparenta estar cada vez mais distante de Botion, a proximidade com o vereador Marcelo Rossi (PSD) só cresce. Os já tradicionais vídeos juntos da dupla de médicos nas redes sociais podem sinalizar uma ida de Rossi para o partido de Dr. Júlio num futuro próximo.

De volta à Inter?
E por falar em Dr. Júlio, o ex-dirigente da Inter de Limeira esteve na Federação Paulista de Futebol para discutir a possibilidade da cidade ser uma das sedes da Copa São Paulo em 2018.

Efeito Lu Alckmin
A vinda da primeira-dama do Estado, Lu Alckmin, na terça-feira, 19, trouxe uma enxurrada de vereadores, prefeitos e políticos da região a Limeira. Todos tentando, é claro, uma foto ao lado da esposa do governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Antes tarde…
Quem também aproveitou e posou para uma foto foi o vereador Wagner Barbosa (PSB). Autoproclamado amigo de Alckmin, Wagner Barbosa chegou no final do evento, mas a tempo de tirar a foto ao lado de Lu Alckmin.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*