PIS/COFINS: Justiça anula liminar que suspende aumento do de combustíveis

PIS/COFINS: Justiça anula liminar que suspende aumento do de combustíveis

Agência Brasil
Brasília
redacao@tribunadelimeira.com.br

O TRF-1 (Tribunal Regional Federal), sediado em Brasília, decidiu no final da tarde desta quarta-feira, 26, anular a decisão que suspendeu o aumento das alíquotas do PIS/Cofins (Programa de Integração Social/Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social) sobre a gasolina, o diesel e o etanol, anunciado pelo governo Michel Temer (PMDB) na quinta-feira, 20.
A decisão foi proferida pelo desembargador Hilton Queiroz, presidente do Tribunal, que atendeu a um recurso da AGU (Advocacia-Geral da União) contra a suspensão do reajuste.
No recurso, a AGU informou à Justiça que a liminar impede que o governo federal arrecade diariamente R$ 78 milhões.
Mais cedo, antes da decisão que derrubou a cobrança, o juiz Renato Borelli, que concedeu a liminar, cobrou da ANP (Agência Nacional do Petróleo) o cumprimento de sua decisão e fixou multa diária de R$ 100 mil em caso de descumprimento.
Na segunda-feira, 25, o juiz Renato Borelli, da 20ª Vara Federal de Brasília tinha suspendido o reajuste das alíquotas do PIS/Cofins sobre a gasolina, o diesel e o etanol. Em sua decisão, Borelli entendeu que o reajuste é inconstitucional, por ter sido feito por decreto, e não por projeto de lei.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*