Fora de Expediente

Antonio Claudio Bontorim
Danilo Janine
LIMEIRA
redacao@tribunadelimeira.com.br

Crise de ciúmes
Parece que alguns vereadores não engolem o trabalho do novato Dr. Marcelo Rossi (PSD). Suas idas a bairros e os temas que busca discutir e sua exposição na mídia estariam deixando outros edis enciumados.

Questão de egos
A Tribuna apurou que a crise no bloco do qual ele era líder e do qual foi tirado, teria sido porque ele não concordou em votar sim ao projeto que retirava o Título de Cidadão do ex-presidente Lula (PT), proposta do tucano Anderson Pereira.

Não foi desta vez
Resumo da ópera é que o projeto de Pereira foi prejudicado, porque Wagner Barbosa (PSB) solicitou nova análise, que foi aprovada por 11 a 8.

Azedou
O clima entre Rossi e o prefeito Mario Botion (PSD) também não seria dos melhores. Após a CPI da Saúde, aberta contra a vontade do chefe do Prada, a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito que investigaria a situação do transporte urbano no município – pedido de Constância Félix (PDT) – e que, a princípio, teria a assinatura de Rossi, também teria irritado Botion.

Revanche
Prova disso é que na semana passada, uma exoneração na Secretaria de Educação de pessoa supostamente ligada ao médico ocorreu e pegou muita gente de surpresa, inclusive o secretário de Educação, André Francesco.

Recuou
Após isso, Dr. Marcelo retirou seu nome da lista de vereadores que assinariam a criação da CPI do Transporte. A versão oficial é que seria precipitada a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito sobre o tema. Oficialmente, o vereador também nega que exista qualquer tipo de pressão de Botion sobre ele.

Audiência
Uma ligação do ex-prefeito Paulo Hadich (PSB) para seu ex-secretário de Educação José Claudinei Lombardi, o Zezo, o “convidando” para comparecimento em audiência sobre o caso de supostas irregularidades na realização do Encontro Municipal de Educadores, ocorrido em fevereiro de 2013, não teria sido muito bem recebida por Zezo.

Críticas na rede
Candidato nas eleições municipais do ano passado pelo PT, Claudio Marques usou seu perfil no Facebook para tecer duras críticas aos seis primeiros meses do governo Botion. No texto, o petista cita “falta de vocação administrativa, completa alienação em relação aos interesses do povo e desmonte dos programas sociais conquistado nos últimos 20 anos”.

Feliz aniversário?
E por falar em rede social, tem vereador de Limeira, no mínimo, desatento ao usá-la. Recentemente até desejo de felicitações pelo aniversário a uma pessoa que já faleceu foi registrada. Será que na mensagem, o vereador desejou que a “data marque o início de novas conquistas em sua vida?”

Para comemorar
Limeira agora tem o “Dia dos Pais Limeirense”. De autoria do vereador Clayton Silva (PSC), coincidentemente também será comemorado no segundo domingo de agosto. O que falar?

É para rir ou…
… chorar? Vem aí os “Ecopontos” Culturais (de Jorge de Freitas – PEN). Antes disso, a cidade já podia celebrar o Dia do Alpinista (de Aloízio de Andrade – PT) e dos Cabelos Cacheados (de Darci Reis – PSD). Cem por cento de relevância social.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*