Fora de Expediente

Fora de Expediente

Antonio Claudio Bontorim
Danio Janine
LIMEIRA
redacao@tribunadelimeira.com.br

Como deve ser?
O PR, partido do deputado federal limeirense, Miguel Lombardi, fechou a favor de Temer e contra a denúncia de Janot. E, dessa forma, o parlamentar deverá votar pela inocência do presidente.

Pressão das redes
A exemplo do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), as redes sociais farão pressão sobre o deputado, para que ele vote pela admissão da denúncia, para que o STF investigue o presidente?

Sem foguetório
A condenação do ex-presidente Lula (PT), por nove anos e seis meses, em primeira instância, também passou batida em Limeira. Sem manifestações contra ou a favor, apenas poucos comentários nas redes sociais.

Na boca da urna
Ainda é muito cedo, mas egos começam a inflar quando o assunto ruma para 2018. Pelos primeiros movimentos na política local, Limeira pode ter, novamente, um grande número de candidatos nas eleições do próximo ano, concorrendo à Assembleia Legislativa e Câmara Federal.

De volta ao nada
Essa situação pode levar Limeira a ficar sem representante novamente na Câmara Federal e perder o único que teve nos últimos anos. Na Assembleia Legislativa faz tempo que o município não conta com um parlamentar.

Por 40 dias
O último deputado estadual que Limeira teve, com mandato, foi Constância Félix (PDT), que assumiu entre 1º de fevereiro a 14 de março de 2015, como suplente, na cadeira do colega pedetista Sérgio Olímpio Gomes, o major Olímpio, que foi eleito deputado federal em 2014.

Já para 2020
Ainda em Limeira já tem postulante ao cargo de vereador em 2021 “fazendo campanha”. Usando publicações patrocinadas no Facebook, ex-candidatos na eleição de 2016 discursam sobre temas da política nacional e local. Tudo pela visibilidade.

Ascenção social
Alguns ex-secretários de Paulo Hadich (PSB) têm demonstrado uma melhora no padrão de vida após o fim do governo. Enquanto uns aparecem com carros de luxo, outros se mudam para belas casas em condomínios fechados.

Polêmica em Alfenas
E por falar em ex-secretário de Hadich, Luizinho do PT, hoje prefeito de Alfenas-MG, se envolveu em uma polêmica em sua cidade ao anunciar, via Facebook, que as creches ficariam abertas durante o recesso em julho. Questionado por funcionários que não iriam parar de trabalhar, ele respondeu que os servidores que seguiriam atuando, entraram neste ano e ainda não tinham atingido o tempo necessário para o descanso.

Qual o critério?
Outras pessoas voltaram a questionar Luizinho sobre os critérios usados para a escolha dos servidores que atuariam, já que alguns que também teriam iniciado o trabalho neste ano não teriam sido escolhidos e não obtiveram resposta.

Rei das redes
Político profissional, Luizinho sabe usar as palavras e também as redes sociais. Qualquer ação feita em seu governo é rapidamente divulgada na Facebook.

Herdeiro Félix
Voltando a falar em Constância, com ela na Câmara e Silvio inelegível até 2020, pelo jeito, Murilo deve herdar o posto do pai na política. Pelo menos, nas redes sociais, ele segue atuante.

Apagada
Resta saber se o filho Murilo, caso eleito um dia, seria como o pai Silvio, ativo no meio, ou como a mãe Constância, que nestes primeiros seis meses de mandato tem uma postura um tanto quanto discreta na Câmara.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*