Fora de Expediente

Fora de Expediente

Antonio Claudio Bontorim
Danilo Janine
LIMEIRA
redacao@tribunadelimeira.com.br

Sai ou não sai?
O PMDB de Limeira está em total silêncio em relação à denuncia contra o presidente Michel Temer, maior ícone do partido hoje, oficializada na segunda-feira, 26, à noite, pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Amigo íntimo
E olha que Temer tem amigo bastante chegado por aqui, que também é peemedebista e há pouco sonhava com carguinho de assessor direto no Planalto. Por enquanto, nada!

Muito quieto
Outro partido quietinho, e que pouco tem se pronunciado diante de situações graves, é o PSDB local. Principalmente, por que o partido, hoje, está na base de Temer e não quer abrir mão da chamada “boquinha” no poder.

E calou de vez
Agora se tem um partido, em Limeira, que não opina sobre mais nada é o PT. Sem representantes na Câmara e com lideranças históricas silenciosas e até mesmo “envergonhadas”, o partido parece nocauteado após as últimas eleições municipais.

Em busca da mídia
E enquanto isso, Paulo Hadich e seu PSB começam a buscar mídia já pensando nas eleições do próximo ano. Agora oposição ao governo Mário Botion (PSD), era mais do que esperada a postura do ex-prefeito.

Repórter por 1 dia
Prova disso foi a postura do romeiro e cliclista Hadich com o grupo que foi até a Basílica de Aparecida, no Vale do Paraíba, quando ele se ofereceu para gravar os vídeos testemunhais sobre a viagem.

Sem representatividade
Apesar de Hadich e do PSB se mostrarem claramente opositores ao governo Botion, os vereadores do partido, Wagner Barbosa e Marco Xavier, pelo menos até agora, aparentam muito mais serem da base do atual governo do que o contrário.

Controle do Legislativo
Já na Câmara, tudo indica que Botion segue com quase 100% dos vereadores ao seu lado. Na coletiva sobre o transporte coletivo na semana passada, vereadores como Carolina Pontes (PSDB), Erika Tank (PR), Estevão Nogueira (PRB), Jorge de Freitas (PEN), Mir do Lanche (PR) e Pastor Nilton (PR) deram o tradicional apoio ao prefeito.

Ficou de fora
Uma informação relevante repassada à CPI da Saúde, durante a reunião da comissão, na última quarta-feira, 28, pela médica auditora da Secretaria, Sônia Maria Murad, é de que não pode haver transferência – remanejamento – de verbas entre blocos de financiamento. Apesar de estar na gravação da reunião, não constou da ata do encontro.

Para estranhar
Segundo fontes ligadas à Câmara, a reprovação das contas do Fundo Municipal de Saúde, pelo Conselho Municipal da Saúde, foi pelo déficit de R$ 10 milhões, que pode ter sido causado por esse remanejamento indevido. Esse detalhe parece ter passado batido nas discussões. Será que foi proposital?

Outro na lista
Limeira conta com mais um evento no Calendário Oficial do Município. É o “Arraiá do Caxote”, festa julina que ocorre no Jardim Planalto. Projeto aprovado na sessão da Câmara da última segunda-feira, 26, é de autoria do vereador Marco Xavier (PSB).

É dia do que…?
Vale lembrar que não se trata de data comemorativa. Apenas oficialização de um evento já existente, que vem sendo realizado desde 2010.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*