Bola na Área

Bola na Área

Na noite de quinta-feira, 27, havia muita irritação por parte de alguns dirigentes de equipes do futebol amador. Todos estavam reunidos para os julgamentos, importantes, de fatos ocorridos durante as partidas.

Diretores acompanhados de advogados e todo aparato para a defesa dos seus interesses.

Sabem o que ocorreu: simplesmente a pessoa responsável por analisar e decretar as sentenças (punições ou não), não apareceu. Tudo fica para a semana que vem.

Reclamações são muitas, de atletas e dirigentes, sobre a morosidade que toma conta do futebol amador. Esse, o não comparecimento do julgador, foi apenas mais uma delas.

Nos Jogos Regionais, disputados em Americana, não houve entrega de medalhas, e sim de diplomas. A que ponto chegamos!

Com as novas leis, como o tal do “marco regulatório”, aos poucos vão acabando com os esportes amadores. Uma pena.

Está virando moda, de novo, torcedores partirem para a agressão contra jogadores e dirigentes de times, responsabilizando-os pela péssima fase das equipes. Assim tem sido no Inter-RS, no Atlético-PR, no Ceará e no Atlético-GO. Agressões vão melhorar o rendimento dos atletas? Cobranças devem ser feitas, sim, mas sem violência.

Próximo do final do primeiro turno, Campeonato Brasileiro ainda está longe de uma definição, mesmo com o Corinthians despontando. Pela frente, mais de 20 rodadas.

Na quinta-feira, 27, à noite, estivemos no CT do Santos, aqui em Limeira, para uma noitada especial com o pessoal que bate uma bolinha naquele local, excelente por sinal. Jogos, por vezes, são marcados para a madrugada, para as turmas que trabalham no horário noturno.

Neymar, do dia para a noite, vai ficar bilionário. Sua ida para o PSG deve render, por baixo, R$ 200 milhões ao jogador. Se parar daqui a 4 anos, terá dinheiro para 3 ou 4 gerações. Até eu iria.

Grande abraço ao pessoal da Marilda Doces, nas pessoas de seus proprietários, Marilda e Juvenal. Estive visitando ambos onde são produzidas as delícias que são comercializadas. Impossível degustar dois ou três sabores. Tem que passar o dia inteiro lá ou ficar na fila, na loja do Mercadão Modelo.

Na terça-feira, 1º de agosto, estará aniversariando a minha companheira de muitas jornadas, de muitos anos ao meu lado e de muita cumplicidade. Maria Cristina Bastelli muda de idade, para satisfação de tantos que a querem bem. São nos momentos de dificuldades, que aparecem as suas virtudes, de mulher guerreira e de tenacidade naquilo que enfrenta. Não esmorece, pois sabe que logo ali, as bençãos do Todo Poderoso farão as batalhas serem vencidas. E assim, num dia em que receberá centenas de manifestações carinhosas, saberá o quanto é querida por todos que a admiram na batalha pelo amanhã melhor. Sinto-me extremamente grato por estar ao seu lado, tendo, juntos, conquistado muitos triunfos na luta incansável do cotidiano. Muitos são os adjetivos para elogios, mas o melhor deles é festejar a vida e saber que muito fazemos para tornar o dia a dia mais tranquilo a todos. Que nesse dia de festa e alegria, seja abençoada, recebendo carinhosos cumprimentos de familiares e amigos. E que o amor sempre prevaleça. Minha companheira, meu tudo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*