Fora de Expediente

Fora de Expediente

Antonio Claudio Bontorim
Danilo Janine
LIMEIRA
redacao@tribunadelimeira.com.br

Mais trabalho
A Câmara de Vereadores teve sua primeira sessão em novo horário na última segunda-feira, 12, que iniciou às 16h. E divulgou nota afirmando que a prática funcionou, comemorando resultados: 13 novas proposituras e 21 requerimentos foram lidos e dez moções foram aprovadas. Na ordem do dia os vereadores discutiram e votaram sete projetos, aprovando cinco e adiando dois.

Três tribunas
E três pessoas participaram da Tribuna Livre, discorrendo sobre temas variados. Uma delas, que tratou justamente da identidade de gêneros.

Ouviu calado
Será que Lemão da Jeová Rafá (PSC) achou que transgênero Thomas Hopfengartner, que usou a Tribuna Livre da Câmara na sessão de segunda-feira, 12 – com muita educação e respeito –, gritou, esgoelou e falou besteira?

Garoto, pessoa…
Pastor Nilton (PRB) teve dificuldades para se referir a Thomas, a quem primeiro chamou de “garoto que estava aqui” e depois, questionado por alguém, disse “eu não sei, da pessoa que esteve aqui”, além de comparar os transgêneros com frutas.

Contaminação
A imprensa da Câmara divulgou, em princípio, apenas duas das três participações na Tribuna Livre. A terceira, de Thomas Hopfengartner, que foi representar a comunidade transexual para falar sobre o uso do banheiro por identidade de gênero, passou batida.

Divulgou depois
Posteriormente, após cobrança da Tribuna, a nota sobre a terceira Tribuna Livre foi enviada à imprensa. As duas primeiras foram encaminhadas às 16h10 e, a terceira, às 17h51.

Uma delícia
Na última sessão, o lanchinho servido na Câmara saboreado por Lemão da Jeová e seus colegas teve sanduíche, bolo, suco natural e café.

Controlou-se
Já o vereador Clayton Silva (PSC), outro da bancada da Bíblia, até comentou sobre a Tribuna Livre que tratou do assunto (identidade de gênero), desta vez mais contido. Disse que o assunto precisa ser discutido e tratado com coerência.

E de que lado?
A decisão do PSDB em continuar no governo Temer (PMDB) parece não ter chegado a Limeira. O diretório local do partido, bem como seus vereadores, até agora não se manifestaram publicamente. Difícil de engolir ou concordância total? Com a palavra…

Ninho remexido
Alguns tucanos ilustres conhecidos nacionalmente estão divulgando o desligamento da sigla. Só é necessário confirmar se é real ou apenas cortina de fumaça. Uma tradição mais que tucana. O jurista Miguel Reale Jr., um dos autores do impeachment de Dilma Rousseff (PT), foi um dos primeiros.

Imprensa de esquerda?
Segundo afirmou o assessor parlamentar de Lemão da Jeová Rafá, Denis Matias dos Santos,na audiência pública que tratou do tema Escola Sem Partido, dia 26 de maio, “aqui em Limeira, a imprensa, ela tem uma tendência de centro esquerda muito clara”. Que coisa…

Debate
Denis Matias dos Santos, hoje nomeado como chefe de setor da Diretoria Administrativa e Financeira do Ceprosom, com salário de R$ 3.922,29, poderia participar de um debate com os ex-comissionados do governo Paulo Hadich (PSB) – que afirmavam (e seguem afirmando) que a imprensa limeirense é de direita – para juntos tentarem chegar a conclusão se a imprensa da cidade é de esquerda ou de direita.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*