Dias depois de a Tribuna trazer matéria assinada por Antonio Claudio Bontorim de que a Câmara de Vereadores já segue sendo monitorada pelo OSB (Observatório Social do Brasil) Limeira, um bate-boca que foge de todo tipo de conduta esperada de qualquer político do partido que seja, foi registrado em Limeira.
A discussão, com gritos, ofensas e que chegou a um elevadíssimo grau de preconceito por parte de alguns parlamentares, ocorreu na sessão de segunda-feira, 5, durante a votação de uma moção de protesto contra o governador do Estado, Geraldo Alckmin (PSDB), para que ele revogue a decisão de regulamentar o uso de banheiros por identidade de gênero nas escolas estaduais. Os personagens principais do entrevero foram os vereadores Clayton Silva e Lemão da Jeová Rafá – ambos do PSC –, além da militante do PSOL, Livia Lazaneo.
Livia, que não a aceitava os argumentos usados pelo autor da moção, elevou o tom e precisou ser contida em mais de um momento pelo presidente da Câmara, Zé da Mix (PSD).
Descontentes com a postura da jovem arquiteta que foi candidata a uma cadeira na Câmara na eleição passada, os vereadores também elevaram o tom.
Lemão da Jeová, que chegou a chamar de “insuportáveis” as pessoas que, segundo ele, “ficam esgoelando” quando usam a Tribuna Livre da Casa e eles, vereadores, são obrigados a ouvir, afirmou que a jovem não tinha sido “capaz de ser eleita” e era “sem educação”.
Em que se conste que o ótimo trabalho realizado pelo OSB Limeira seja basicamente na medição de indicadores e na qualidade dos trabalhos feitos pelos vereadores, a fiscalização daqueles que foram eleitos para fiscalizar se mostra cada vez mais necessária.
No final, Anderson Pereira (PSDB), que chamou de “sem-vergonhice” o uso do banheiro de acordo com a identidade de gênero, afirmou que eles perdiam tempo discutindo esse assunto.
Neste ponto, a Tribuna concorda, em partes, com o nobre vereador, já que há anos se perde um tempo precioso com muita coisa nesta Câmara.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*