NOTA FISCAL PAULISTA: Repasse cai 36,6% em Limeira

NOTA FISCAL PAULISTA: Repasse cai 36,6% em Limeira

Apesar do número de inscritos no Programa Nota Fiscal Paulista – do governo do Estado – ter aumentado 10,5%, o repasse de créditos aos consumidores da cidade caiu 36,6% em um ano – entre 2016 (créditos relativos a 2015) e 2017 (créditos relativos a 2016). Em abril do ano passado, os limeirenses receberam R$ 3.700.867,38, enquanto em abril deste ano foram R$ 2.345.970,45, segundo a Secretaria da Fazendo do Estado. Em 2016 eram 80.233 moradores de Limeira cadastrados no Nota Fiscal Paulista, contra 88.681 limeirenses inscritos no programa neste ano.
Os créditos repassados já apresentavam queda de 30,3% no segundo semestre de 2016, se comparados com o primeiro semestre do mesmo ano, quando foram repassados R$ 2.576.086,25 em créditos a moradores da cidade.
Segundo o economista e professor da FCA-Unicamp, Paulo Van Noije, a queda no repasse está relacionada à crise econômica. “São dois caminhos: menos gente gastando, o que resulta em menos ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) e a mudança do governo nas regras do programa, que adiou o pagamento dos créditos”, comenta.
Para o economista, as alterações feitas pelo governo do Estado no programa podem ser consideradas quase como “uma pedalada”. “Ele (governo) postergou o pagamento para o período seguinte”, observa. “Mas é possível dizer que tudo isso está relacionado à crise econômica”, completa.
O governo do Estado nega que as mudanças no programa sejam responsáveis pela queda no repasse.
Consumidores que participam do programa ouvidos pela Tribuna afirmam que ainda não receberam créditos neste ano. “Tenho R$ 19 e preciso esperar aumentar para receber”, conta a técnica em nutrição, Rita de Cássia Ferreira, 52. Ela e o marido, o aposentado, Geraldo Ferreira, 58, participam do programa há muitos anos.
A professora, Sueli Pereira, 45, é outra que ainda não resgatou seus créditos em 2017. “Peço a Nota Fiscal Paulista com frequência. Já fui até sorteada algumas vezes e ganhei R$ 10 ou R$ 20 de prêmio”, conta.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*