Antonio Claudio Bontorim
Danilo Janine
LIMEIRA
redacao@tribunadelimeira.com.br

Sai Odebrecht…
… Entra Brookfield. Ou melhor, BKR Ambiental. É o resultado da negociação da compra do setor de saneamento básico sob concessão no Brasil, que inclui Limeira, o primeiro município no país a realizar esse tipo de operação. Vale lembrar que a Tribuna de Limeira já tinha antecipado no início do ano passado a negociação.

E é bem antiga
A Brookfield não é nova no país. Está por aqui desde 1899, quando fundou a Ligth, concessionária de energia elétrica em São Paulo e Rio de Janeiro.

Só para recordar
A Light inspirou muitos compositores, com suas marchinhas de carnaval, como aquela conhecida: “Rio de Janeiro, cidade que me seduz, de dia falta água e de noite falta luz…” ou, então, a do “Acenda a vela, Iaiá, acende a vela, que a Light cortou a luz, no escuro eu não vejo aquela carinha que me seduz…”

Mão no vespeiro
Vem aí a CPI da Saúde. E deve agitar os bastidores da política local, já que é proposta do vereador Marcelo Rossi (PSD), do mesmo partido do prefeito Mario Botion, e vai expor contas reprovadas na administração de Paulo Hadich (PSB). Vai, com certeza, agitar a turma do Facebook.

Pegou ‘ni nóis’
Por falar em turma do Facebook, a citação do nome do ex-prefeito Hadich nas delações da Odebrecht jogou água fria na fervura de muita gente. Muitos começam a recolher os teclados…

Eles também
Além de Hadich, os nomes de Lusenrique Quintal (PSD) e Eliseu Daniel (PSDB) também foram citados como candidatos que teriam recebido doações da Odebrecht Ambiental através de caixa 2 nas eleições de 2012.

Esquerda?
E o tal do PSB (Partido Socialista Brasileiro), que afirma seguir ideologias socialistas, ou seja, de esquerda, não orientou seus deputados em como votar na proposta de reforma trabalhista do governo Michel Temer (PMDB)?

Em cima do muro
O PSB, que é da base do governo Temer, para quem não sabe, chegou a anunciar que votaria contra a reforma, mas, em cima da hora, não orientou seus parlamentares. Ficou mais em cima do muro que Hadich nas eleições presidenciais de 2014, quando não falou se apoiaria Aécio Neves (PSDB) ou Dilma Rousseff (PT) no segundo turno.

Uns pra lá, outros pra cá
Depois de quatro anos com o petista Antonio Carlos Lima como seu vice, o ex-prefeito de Limeira afirma que irá apoiar o tucano Geraldo Alckmin para a disputa presidencial de 2018. Postura bem diferente de uns filiados que passam o dia criticando o PSDB no Facebook.

Mais uma vez…
O deputado Miguel Lombardi, assim como orientou o seu PR, votou a favor das reformas e, mais uma vez, foi duramente criticado nas redes sociais.

Por que faltou?
Mais uma coletiva no Prada e sem a presença do vice-prefeito Dr. Júlio (DEM). Bastante participativo logo após a vitória nas urnas, o vice tem se ausentado de alguns eventos públicos com o prefeito. É só mi-mi-mi de analista político ou aí tem coisa? Com a palavra…

Outros faltosos
Até o final da entrevista, nenhum vereador estava presente ao ato. O presidente da Câmara, Zé da Mix (PSD), foi o único que bateu ponto na coletiva. Chegou ao apagar das luzes e se sentou ao lado de Botion.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*